Shows, óperas, museus: "a arte não para" muda para a internet

Primeiro vieram as notícias dos cancelamentos. Por causa da pandemia de COVID-19, os teatros e os cinemas fecharam as portas, bem como galerias de arte, museus e monumentos. Espetáculos, shows e festivais foram cancelados em Portugal. Mas, logo a seguir, começaram a surgir as notícias dos artistas que, apesar de tudo, não queriam ir para casa. 

No último domingo, o músico James Blunt fez seu show em Hamburgo, como estava previsto, mas diante de uma plateia vazia e que foi transmitido através da internet. Também no sábado, os músicos Salvador Sobral e André Santos também tocavam para um público virtual – mas neste caso o show foi pensado especificamente para ser transmitido online.

O sucesso destas e de outras iniciativas serviram de estímulo a mais artistas e instituições que estão disponibilizando, através da internet, várias obras de arte. A agenda vai ficando composta. E porque os dias são de crise, deixamos aqui algumas sugestões nas áreas de música, espetáculos e museus. Todas de acesso gratuito.

Lika é uma cantora do Cazaquistão que mora em Portugal desde 2015, estudou no Hot Club e acaba de lançar o seu primeiro álbum de originais, intitulado Back to Zero. Diante da impossibilidade de se apresentar ao vivo, e numa tentativa de apelar à quarentena voluntária e ao mesmo tempo apoiar a cultura, a cantora lançou o movimento Stay at Home with Lika, promovendo uma série de shows transmitidos em streaming em direto nas suas redes sociais. O primeiro show aconteceu nesta segunda-feira, às 11h a partir do escritório de Lika. Todos os dias será transmitido um pequeno show da cantora de uma divisão diferente da sua casa, ou de casa de outros músicos que se associem à iniciativa.

Diversos músicos portugueses decidiram associar-se ao festival #EuFicoEmCasa, que pelo menos durante seis dias, também vai transmitir shows através do Instragam de cada um dos artistas participantes. O primeiro show começa às 17h e tem duração de meia hora, sendo que os outros  shows entram noite adentro. A primeira a atuar é Bárbara Tinoco, mas entre os participantes estão nomes como Tiago Bettencourt, Ana Moura, Selma Uamusse, Fausto Bordalo Dias, Carolina Deslandes, Júlio Resende, Capicua, Luís Severo, Frankie Chavez, Bispo, António Zambujo ou Fábia Rebordão. 

Do Noroeste para crianças e adultos: a cortina se abre e surgem os atores cantando: “Miau, miau, miau. Vou contar a história do Gato das Botas.” O espetáculo do Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana estreou-se em 2015, com encenação de Fernando Gomes, mas está disponível no canal do Youtube e na página de Facebook da companhia. Até 9 de abril, o grupo – que tem um serviço educativo bastante conhecido e que na semana passada viu canceladas pela Câmara de Viana do Castelo 32 representações que seriam vistas por mais de sete mil alunos – se propõe a disponibilizar todos os dias um espetáculo novo, na sua maioria para o público infantil. Algo que só é possível porque, nos últimos anos, o Teatro do Noroeste tem registado em vídeo praticamente todas duas peças. 

O Teatro Aberto, por exemplo, vai apresentar na internet a peça A Mentira, que se estreou no palco em dezembro de 2018. Com as atividades suspensas, o encenador João Lourenço decidiu colocar online um vídeo da peça de Florian Zeller com Miguel Guilherme, Joana Brandão, Patrícia André e Paulo Pires. Apesar de reforçar que “isto não é teatro”, o diretor do Teatro Aberto espera, desta forma, manter o contato com o seu público e contribuir para que esses dias sejam menos cinzentos. O vídeo vai ser disponibilizado no site do teatro na quinta-feira, às 21h – no dia e na hora em que costumam estrear os espetáculos na sala.

Já o diretor musical da Orquestra do Festival de Budapeste, Iván Fischer, anunciou uma série de concertos de câmara com o título “Soirées da quarentena”. Os concertos são transmitidos da sala de ensaios da orquestra, na Hungria, através do site oficial. O primeiro concerto aconteceu na segunda-feira. Na terça às 18h45 haverá um novo concerto, cujo programa inclui o Quinteto de Clarinete de Mozart e o Quinteto de Piano de Schumann. E na quarta, é a vez do Divertimento de Michael Haydn em D e o Quarteto de Cordas Menor de Mendelssohn.

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Bullguer disponibiliza delivery no Rio de Janeiro

Próxima Publicação

Um dos chefs mais estrelados do mundo passa a dar aulas de culinária pelo Instagram. O motivo?

10 Comentários

  • … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Info here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More on to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] There you will find 59839 additional Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Information here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/03/18/shows-operas-museus-a-arte-nao-para-muda-para-a-internet/ […]

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.