Xandy Novaski: Destino, um caminho traçado por nós?

Crédito foto: www.pexels.com - Pixabay.jpeg

“Em seu coração o homem determina seu caminho, mas o Senhor determina seus passos.”

Provérbios 16:9

O LIVRE-ARBÍTRIO, tão conhecido por todos como a grande capacidade de decidir, muitas vezes é grifado e assinalado em negrito no dicionário particular de cada um de nós. Afinal, somos os sentenciadores dos rumos a serem seguidos. Ou não?

A indagação surge quando calha o inevitável em nossas vidas. Decidimos por trilhar tal vereda e, de repente, um acidente, uma fatalidade, um vento que muda de direção e… TUDO VAI POR ÁGUA ABAIXO!

Cadê a livre escolha, a minha vontade humana, o meu livre-arbítrio?

Certa vez ouvi de uma senhora que a cada existência funciona exatamente como o fluxo de um rio. No canto direito e esquerdo há as margens que, se transbordadas, causam estrago. Durante o trajeto, destacam-se as pedras facilmente contornadas pelo desdobramento das águas. É um rio que, se olhado de cima, tem seu traçado definido. O teu rio, o meu, ou o de qualquer pessoa, finda no mar. Bonito, né?

 

Crédito www.pexels.com - Slon_dot_pics.jpeg

Pois bem… Se há um traçado sem a possibilidade de transbordar as margens, seria ele o nosso ditado aqui na Terra, negando-nos a probabilidade de deslizar por novas direções? Ou esse desenho é apenas o resultado das plantações que transcorrem nas beiradas, e que até ontem não passavam de sementes aquecidas em nossas mãos?

Tem gente que fala do trilhar dos trens. E que assim é a nossa vida. A locomotiva e os vagões deslizam, mas lá na frente sempre há bifurcações. E agora? Devo ir pela direita ou esquerda? Ou ignorar o fluxo e estacionar para somente contemplar?

Diante de tamanha dúvida, e avulso ao trilho escolhido, se a locomotiva não descarrilhar perante a surpresa com o inevitável, sempre haverá uma estação final esperando o apito de todos os trens. Agora, se o descarrilho vier forçoso, a opção é sua de continuar pelo rastro, ou escolher o traçado do rio. Afinal, as lições de qualquer rumo tomado são infalíveis e inevitáveis. Nossa força em seguir adiante também!

Crédito www.pexels.com - Pixabay.jpg
Publicação Anterior

PlayerUm destaca ferramentas tecnológicas mais adequadas para o home office

Próxima Publicação

Em tempos de coronavírus, estilista português Gio Rodrigues lança coleção de máscaras

399 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.