Renata Sardinha dá dicas de como driblar a ansiedade em tempos de pandemia

Acho que não há outra palavra pra definir tão bem o que a maioria de nós está sentindo, neste momento em que nossas rotinas foram alteradas e já não podemos fazer muito do que gostamos, necessitamos ou achamos que precisamos fazer.

A ansiedade é uma emoção normal do ser humano e surge comumente ao enfrentarmos situações estressantes. É algo muito próximo da preocupação. E preocupação nada mais é do que um aspecto do medo, um temor de que as coisas não saiam como nós gostaríamos. Todos esses componentes são necessários para a nossa evolução e sobrevivência. Entretanto, o que não pode ocorrer é um exagero de qualquer um deles. Se excessiva, ela pode se tornar uma doença, fazendo com que sintamos preocupação e medo extremo diante de situações simples.

O tempo prolongado de ansiedade (a chamada ansiedade crônica) aumenta o nível de tensão e o estresse interno, podendo levar ao surgimento do medo específico ou até mesmo irreal. Ela é basicamente uma resposta do corpo, vinda do sistema nervoso autônomo, que age independente do nosso pensamento racional, como um reflexo.

Seus transtornos podem causar sintomas tanto mentais quanto físicos, que atrapalham o dia a dia de diversas formas.

Sintomas psicológicos:

– Constante tensão ou nervosismo

– Sensação de que algo ruim vai acontecer

– Problemas de concentração

– Medo constante

– Descontrole sobre os pensamentos, principalmente dificuldade em esquecer o objeto de tensão

– Preocupação exagerada em comparação com a realidade

– Problemas para dormir

– Irritabilidade

– Agitação dos braços e pernas.

Sintomas físicos:

– Dor ou aperto no peito e aumento das batidas do coração

– Respiração ofegante ou falta de ar

– Aumento da sudorese

– Tremores nas mãos ou outras partes do corpo

– Sensação de fraqueza ou cansaço

– Boca seca

– Mãos e pés frios ou suados

– Náusea

– Tensão muscular

– Dor de barriga ou diarréia.

Pensando em aliviar e tranquilizar suas preocupações (pré -ocupações), citarei aqui 10 dicas que podem ajudar você a se prevenir da ansiedade neste momento difícil: 

1) tente separar pelo menos 30 minutos de seu dia para atividades físicas 

2) busque experimentar coisas novas (ex: se não cozinha, passe a se interessar e buscar informações neste sentido)

3) assista a séries, leia, assista a lives interessantes e produtivas que te deixem entusiasmado e feliz

4) tente explorar um novo hobby, se tiver tempo pra isso

5) deixe sua terapia em dia através das videochamadas

6) beba um vinho

7) jogue com seus familiares

8) conte histórias a seus filhos

9) ligue pra amigos que já não vê há tempos

10)) ah… e lave uma boa louça (o alívio que proporciona ao acabar e ver tudo limpinho é uma terapia que não tem preço).

Cuide-se !! Tudo passa!!

😉

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Museus londrinos colhem frutos do pioneirismo digital: exposições e performances canceladas viram lives e evento

Próxima Publicação

“Casa, Café & Companhia” O Festival Luso-Brasileiro entra na segunda edição

6 Comentários

  • … [Trackback]

    […] Find More on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/04/24/renata-sardinha-da-dicas-de-como-driblar-a-ansiedade-em-tempos-de-pandemia/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you can find 84987 additional Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/04/24/renata-sardinha-da-dicas-de-como-driblar-a-ansiedade-em-tempos-de-pandemia/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More on on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/04/24/renata-sardinha-da-dicas-de-como-driblar-a-ansiedade-em-tempos-de-pandemia/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/04/24/renata-sardinha-da-dicas-de-como-driblar-a-ansiedade-em-tempos-de-pandemia/ […]

  • … [Trackback]

    […] Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/04/24/renata-sardinha-da-dicas-de-como-driblar-a-ansiedade-em-tempos-de-pandemia/ […]

  • … [Trackback]

    […] Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/04/24/renata-sardinha-da-dicas-de-como-driblar-a-ansiedade-em-tempos-de-pandemia/ […]

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.