Jean Paul Gaultier transforma máscaras de proteção em peças de alta-costura

Jean Paul Gaultier

O estilista francês Jean Paul Gaultier, de 68 anos,  reinterpretou os dispositivos de prevenção da COVID-19. Em colaboração com os designers de moda que trabalham para ele, transformando-os em ícones das suas coleções.

O estilista apresentou um novo conjunto desenvolvido por ele durante a quarentena. As criações brincam entre códigos clássicos da maison, trabalhos em couro, bondage e laços no estilo espartilho. É importante lembrar que os designs foram criados exclusivamente como arte, e não atendem os padrões médicos para proteção contra o vírus.

A relação do designer com as máscaras faciais começou por volta de 1985, em outono quando o estilista realizou o desfile conhecido por Mad Max, que teve o cyberpunk como máxima referência e aliava a tecnologia como fundamental ao futuro da moda. No desfile, assistíamos às primeiras máscaras de Gaultier. “No Japão, se você é muito educado, usa máscara quando está doente para não deixar outros doentes”, declarou à época.

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Xandy Novaski entrevista o DJ Ramone

Próxima Publicação

João Paulo Figueiredo: beleza versus obsessão

177 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.