Glória Menezes arquiteta reestreia da peça Ensina-me a Viver

Divulgação

Prestes a completar 60 anos de carreira (e 86 de vida), a artista retornaria aos palcos ao lado do ator Arlindo Lopes com o espetáculo Ensina-me a Viver, peça baseada no blockbuster cinematográfico de Hal Ashby (1929-1988), de 1971.

Não tivesse o mundo entrado em processo de isolamento social, Glória Menezes estaria se preparando para retornar aos palcos neste ano de 2020. Prestes a completar 60 anos de carreira (e 86 de vida), a artista retornaria aos palcos neste que se tornou um dos grandes espetáculos de sua carreira, em sucessivas turnês e temporadas desde 2007, quando estreou no Rio de Janeiro sob a direção de João Falcão.

A reestreia, prometida para o início deste segundo semestre, agora não tem data definida, mas, a depender da vontade de atriz, acontecerá tão logo seja controlada a pandemia. 

O texto do escritor e diretor Colin Higgins, traduzido por Millôr Fernandes, conta a história de amor entre um jovem obcecado pela morte, Harold (Arlindo Lopes), e uma senhora apaixonada pela vida, Maude. Os momentos inusitados pelos quais os dois passam juntos pontuam uma trama engraçada e trágica, que cativa pela pureza dos personagens.

 

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Xandy Novaski entrevista o chef Emanuel Wollz

Próxima Publicação

João Paulo Figueiredo: a escolha da profissão

107 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.