Gucci dá suporte aos refugiados através de projetos artísticos

Gucci projeto com refugiados (Foto: Divulgação)

Com o compromisso de gerar mudanças positivas para o planeta, a Gucci lançou a plataforma Equilibrium, que no último fim de semana e divulgou diversos projetos em apoio aos mais de 30 milhões de refugiados que estão vulneráveis devido à pandemia. Por meio de ativações digitais, os projetos de arte da Artolution promovem resiliência e inclusão entre mulheres, crianças e famílias em locais como Uganda, Bangladesh, Mianmar e Jordânia. 

Desde 2018, a Gucci dá suporte aos refugiados por meio dos projetos. A parceria apoia a Artolution na implementação de mais de 400 projetos em comunidades em 30 países, atendendo a mais de 6.000 refugiados em todo o mundo. 

Entre as ações está um workshop virtual entre filhos e famílias de funcionários da marca com 12 jovens refugiados de Uganda que participam do programa global da Artolution para trocar e se conectar por meio da arte e da tecnologia. Concebido dentro da iniciativa Art Bridges da instituição, a ideia é oferecer oportunidades para a construção de relacionamentos através das fronteiras, programação educacional e criativa, e disseminar mensagens em comunidades em resposta ao coronavírus. 

 Outro projeto é ensinar saúde através da arte, em que equipes de artistas refugiados da Artolution espalham mensagens para membros da comunidade local que vivem nos campos de refugiados de Rohingya, em Bangladesh. Eles criaram murais coloridos para ilustrar práticas de higiene, como lavar as mãos, cobrir a tosse com os cotovelos e usar máscaras.

Na ação “Tecido da Resiliência das Mulheres”, um barkcloth de lona feito por refugiadas do Sudão do Sul viajou para quatro comunidades diferentes ao redor do mundo como uma obra de arte em que mulheres e meninas puderam contar suas histórias. Em Bangladesh, as artistas Anwara, Dildar, Rishmi, Riffa e Hasina se concentraram em incentivar as gestantes e suas famílias a procurar acesso a cuidados de saúde, praticar boa higiene e aprender a cuidar adequadamente de bebês. As três imagens principais no mural “viajante” eram de uma mulher grávida com um médico, uma mãe banhando seu filho e uma carregando um bebê nas costas e lendo um livro sobre cuidados com crianças.

A marca também apoia os refugiados no Japão para o ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), que realizou o “WILL2LIVE”, um evento digital de música e cinema para pessoas que enfrentam mais dificuldades por conta da covid-19. Quem liderou a ação foi o músico japonês Miyavi, embaixador do ACNUR e amigo da marca. 

Publicação Anterior

Xandy Novaski entrevista o ator Patrick Alves

Próxima Publicação

Harry e Meghan assinam contrato para dar palestras

200 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.