Escolas de samba do Rio adiam para setembro decisão sobre desfiles do Grupo Especial em 2021

Sambódromo do Rio de Janeiro.

Por conta da pandemia da Covid-19, a incerteza ainda dá o tom no mundo da folia. Ficou para setembro a decisão sobre o carnaval do ano que vem. As escolas de samba do Grupo Especial se reuniram na noite da última terça-feira (14) com representantes da Liga Independente (Liesa) e foram unânimes num ponto: não dá para ter desfile enquanto não existir uma vacina contra o coronavírus.

“Só imaginamos ter o desfile das escolas de samba em fevereiro se houver uma vacina. Se não houver a vacina nós não temos como fazer esse evento com aglomeração. Carnaval é isso. O jogo de futebol pode acontecer sem plateia, a Fórmula 1 pode acontecer sem plateia, mas os desfiles das escolas de samba não podem acontecer sem aglomeração dos desfilantes ou de quem tá assistindo”, disse Jorge Castanheira, presidente da Liesa.

Grandes escolas do Rio, já adiantaram que não desfilarão em 2021, a menos que seja desenvolvida uma vacina. Mangueira, Imperatriz Leopoldinense, Vila Isabel, Beija-Flor e São Clemente vão votar juntas pelo adiamento da festa por tempo indeterminado. O grupo sustenta não haver segurança para colocar as escolas na Avenida sem que componentes e público estejam imunizados.

Os barracões estão parados. Só continuam sendo feitos os trabalhos feitos a distância, como a sinopse e os desenhos das fantasias e de carros alegóricos e uma nova reunião foi marcada para setembro para reavaliação da situação.

Vendas em suspenso

Segundo a Riotur, a Liesa solicitou que a prefeitura não publicasse informações sobre a venda de ingressos até que houvesse uma definição.

“A decisão sobre o assunto vai ser tomada em conjunto e sempre baseada em estudos científicos que garantam a segurança de todos”, disse a nota.

Carnaval de rua

Também há incerteza em relação ao carnaval de rua, já que os blocos levam multidões às vias do Rio.

A Sebastiana, Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro, também só pretende definir em outubro o que irá acontecer no próximo ano.

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Daniel Braga: pontuações sobre liderança

Próxima Publicação

Paula Klien é uma das artistas convidadas da AquabitArt, em Berlim

2 Comentários

  • Hi there! This article could not be written much better! Reading through this article reminds me of my previous roommate! He continually kept talking about this. I will send this post to him. Pretty sure he’ll have a good read. Thanks for sharing!

  • … [Trackback]

    […] There you will find 57182 additional Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/07/16/escolas-de-samba-do-rio-adiam-para-setembro-decisao-sobre-desfiles-do-grupo-especial-em-2021/ […]

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.