Fairmont Rio de Janeiro Copacabana anuncia reabertura com novo protocolo de segurança

Fairmont Rio de Janeiro Copacabana. Divulgação

O Fairmont Rio de Janeiro Copacabana se prepara para receber seus primeiros hóspedes pós-quarentena a partir de 1º de setembro de 2020, de acordo com o anúncio em suas redes sociais, e retomar suas atividades depois de cinco meses fechado. 

O empreendimento do setor hoteleiro começa a dar seus primeiros passos rumo à reabertura, cercado de muita segurança e proteção: reabre as portas portando o selo AllSafe, que garante a implantação e execução global do novo protocolo de acolhimento da Accor, e adotando medidas de sanitização, de acordo com as necessidades atuais, impostas pela pandemia do Coronavírus.

A marca, que sempre prezou pelos mais altos padrões de higiene e limpeza em suas propriedades, agora adota medidas ainda mais rígidas de sanitização. Todos os hóspedes terão a temperatura medida ao chegarem ao hotel, que terá o piso das áreas comuns demarcado para indicar distanciamento social. Haverá álcool em gel em todos os ambientes, assim como embalagens individuais do produto e máscaras disponíveis na recepção. Os colaboradores, depois de passarem por programa de formação e treinamento, estarão devidamente protegidos por EPIs (Equipamento de Proteção Individual), como máscaras, luvas e aventais.

A limpeza de espaços, objetos, superfícies e locais de circulação e contato constantes também será intensificada e feita com produtos que atendem aos mais altos níveis de desinfecção exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O intervalo entre estadias passará a ser de 24 horas para cada quarto, e todo o enxoval será ensacado ainda dentro da suíte e lavado a altas temperaturas para desinfecção. Objetos, como controles remotos, serão lacrados após a limpeza e aparelhos de ar condicionado passarão por manutenção e troca de filtros ainda mais frequentes.

Na área de alimentos e bebidas, foram definidos padrões acima de exigências estabelecidas pelo governo e órgãos reguladores, incluindo a alteração do tipo de serviço para “à la carte” e a retirada do bufê exposto. Mesas do Marine Restô, Spirit Copa Bar e Coa&Co Café ficarão a pelo menos 1,5 metro de distância umas das outras, e os cardápios físicos serão substituídos por versões digitais acessadas por QR Code ou recebidas pelo WhatsApp.

As novas medidas se estendem às áreas de eventos e reuniões, com redução da capacidade de salas, espaçamento de móveis e soluções seguras de coffee break em porções individuais. O Room Service também passa a entregar alimentos em embalagens lacradas para cada hóspede.

Procedimentos específicos de limpeza e manutenção das piscinas, com avaliação regular do nível de cloro, também seguirão de maneira intensificada, e haverá controle de frequência. O número de hóspedes também será limitado na academia, que terá equipamentos afastados e limpos após cada uso.

Publicação Anterior

Chico Vartulli entrevista a festeira e socialite carioca Giovanna Priolli

Próxima Publicação

Chef Emanuel Wollz e a história da massa

233 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.