Francis Fachetti: uma crítica do espetáculo 'Riobaldo'

Divulgação

A minha coluna desta semana versa no universo teatral, descortinando uma crítica
teatral feita – em sua estreia – dia 7 de março, no Teatro Sergio Porto, antes da pandemia.

O espetáculo “RIOBALDO” é uma “adaptação” ressignificada do clássico literário de
GUIMARÃES ROSA: “Grande Sertões – veredas”. O espetáculo será apresentado em plataforma virtual pelo SYMPLA, aos domingos, 02/8, 09/8 e 16/8, às 16h.

Leiam a crítica e confiram virtualmente no SYMPLA!

Divulgação

RESSIGNIFICAÇÃO CÊNICA CAPITANEADA E PERMEADA POR UMA SIMPLICIDADE
CATEGÓRICA.

“Carece de coragem”

A partir da saga do jagunço Riobaldo, é feito um recorte do clássico “Grande Sertão: Veredas”, no qual o monólogo vem partejar/dar luz ao papel das mulheres na trajetória deste sertanejo/jagunço, disseminando reflexões sem medidas sobre a vida.

O amor entre dois homens, velado, num caminhar conflituoso, e capciosos
desdobramentos rumo ao poder. Questões de motes psicológicos, religiosos, culminando num dualismo, na visão do mundo que o divide em poderes opostos e incompatíveis, maniqueísmo discutível, através de uma bem urdida e apreendida – contação de história. 

O sertão é o cenário nu e cru para tornar conhecidos desejos ocultos ou não, e um ódio que derrama sangue, num erudito misturado ao místico, nessa obra impactante e desveladora.

Um expressivo momento teatral  depurado que reverbera amores, aflições, desejos, empatia na construção da cena, amadurecido por uma pesquisa que descortina as aventuras de uma plaga/região tão presente, e ao mesmo tempo tão ausente em nosso humilde conhecimento. Tudo que miramos é simples, porém, extremamente necessário. Uma encenação transparente na invulnerabilidade e favorecida na beleza de um texto clássico expoente da nossa cultura, bem compreendido e apreendido pelos “jagunços” dessa empreitada – diretor e ator.

O simples, o modesto, o contido, e o ressignificar, são os protagonistas das veredas
do universo de Gilson de Barros e Amir Haddad, nos dando a oportunidade de
genuíno embrenhamento no sertão, concomitantemente com as veredas de
GUIMARÃES ROSA.

Divulgação

Karla de Luca, imiscuída na encenação, apresenta um cenário e figurino sóbrio,
assertivo, em afluência e encontro com a proposta.
O Mestre Aurélio de Simoni, em sua iluminação não matizada, porém, “conflagra a
chama”, tornando a cena viripotente, como os desejos e lutas do sertão. Quando o
que parece nada, sobressai na inquietude do autor.

Gilson de Barros aplanou e apurou um texto palavrório em nuances literárias, com
oratória discorrida na intimidade e carisma de um intérprete que seduz o seu
público. Ele faz uma adaptação reduzida, simplificada pelo diretor, que detém em
si e para o espectador, o conhecimento necessário. O ator usa um discurso sem artifícios, com veracidade, e muita por sinal. Gilson de Barros ubíquo/onipresente, carismático e etéreo.

Divulgação

Um amálgama de aclimatação miraculosa em circunstâncias cênicas de uma escrita
particular, sofisticada? Rebuscada? Veem para crerem. 

Com emocionante habilidade, ofício, no capitanear teatral de perfeita contextura na direção de Amir Haddad, “RIOBALDO” é como um léxico, reunião de vocabulário, de línguas, reunião de astúcia oratória de pleno carisma, instigante e estonteante, na obra de
GUIMARÃES ROSA.

O intérprete, numa construção calcada no carisma, vale repetir, envolvente, simplificada por uma direção de ressignificação, nos leva à uma emoção miraculosa, como já disse – e não custa reforçar.
O permear decisivo na empatia de uma cena/espetáculo teatral. Um trabalho, em todos os seus signos teatrais, de cunho artesanal.

Como diz GUIMARÃES ROSA:

“A VIDA CARECE DE CORAGEM”.

“O SERTÃO TÁ DENTRO DA GENTE’.

Reprodução
Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Gramado terá W Hotel, marca de luxo da Marriott

Próxima Publicação

Petro Pupe e o maior sinônimo da alta-costura mundial: Yves Saint Laurent

16 Comentários

  • Pretty section of content. I just stumbled upon your website and in accession capital
    to assert that I acquire in fact enjoyed account your blog posts.
    Any way I’ll be subscribing to your augment and even I achievement
    you access consistently fast. adreamoftrains website hosting

  • Howdy, There’s no doubt that your web site could be having browser compatibility problems.
    Whenever I look at your web site in Safari, it looks fine however, when opening in I.E., it has some overlapping issues.
    I simply wanted to provide you with a quick heads
    up! Apart from that, excellent website! y2yxvvfw cheap flights

  • … [Trackback]

    […] Here you will find 54749 more Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Information here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] There you can find 44544 more Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Info here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • canadian pharcharmy best drugstore foundation for dry skin dysfunction

  • … [Trackback]

    […] Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Info here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Info here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • does viagra help you last longer viagra doses viagra pills online

  • … [Trackback]

    […] Read More on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you will find 44315 additional Info on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

  • … [Trackback]

    […] Info to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/08/francis-fachetti-uma-critica-do-espetaculo-riobaldo/ […]

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.