Chico Vartulli: Ney Matogrosso e suas múltiplas funções, ontem, hoje e amanhã

A concentração para ensaio do artista Ney Matogrosso.

 Considerado um dos intérpretes brasileiros mais importantes e produtivos no cenário artístico. Seu nome artístico: Ney Matogrosso foi adotado por ele somente em 1971, quando se mudou para a cidade de São Paulo. Desde cedo demonstrou dotes artísticos: cantava, pintava e interpretava. Teve a infância e a adolescência marcadas pela solidão, pois se sentia incompreendido pela família e diferente dos outros meninos. 

 Como iluminador de espetáculos, tem supervisionado toda a produção da área em suas próprias apresentações e também merece destacar seu trabalho de iluminação e seleção de repertório no show “Ideologia” (1988), de Cazuza e do show “Paratodos”, de Chico Buarque em 1993, em que afirma: “quero que as luzes provoquem sensações nas pessoas”. Matogrosso também atuou no cinema, estreou em 2008 no curta metragem “Depois de Tudo” e no  excelente  filme “Luz das Trevas”, de 2009.

Performance de Ney: época de Secos & Molhados.

Ney, morador do Leblon, adora o verde, tem um terreno tombado na Mata Atlântica, que cuida com muito carinho, além do sítio da família em Sampaio Correia, Distrito de Saquarema, onde convive com a natureza. Neste terreno na Mata Atlântica faz um trabalho de reabilitação, recuperação e liberdade de animais silvestres vítimas do tráfico e de maus-tratos.

Com sua longa trajetória, Matogrosso, hoje em  dia, busca refletir, meditar e estar antenado com a paz e harmonia, principalmente, ligada ao natural e complexo, comenta Ney.

Matogrosso com seu amigo Serginho Groisman, em encontro especial.

Devido a pandemia ficou uma temporada no sítio. Estava sentindo muito frio, Depois, retornou para seu apartamento no Rio. O artista voltou a fazer ginástica com seu personal e a gravar mais vídeos.

Aproveitando toda essa quarentena organizou suas novas ideias e segue trabalhando na composição de algumas canções. Também está gravando vídeos semanais sozinho para o seu canal no YouTube.

Ney tirando foto da sua estimada gatinha, a Pretinha, muito amada.

Ney ama animais, tem sua gatinha, a Pretinha, como sempre cercado por gatos. Os bichos, para ele, “são as energias restauradoras que se perde no seu dia e se recupera com esses seres puros e amados”, comenta.

  Matogrosso diz gostar muito de filmes cult, músicas de todos os tipos, comidas saudáveis, conversar com amigos, pois, “a felicidade custa pouco, basta você querer e saber onde encontrar”, finaliza Ney.

 A biógrafa Denise Pires Vaz define muito bem o artista: “Dos cantores brasileiros, Ney Matogrosso é um dos poucos, senão o único, que pode merecer o título de showman”.

Ney Matogrosso no sítio da família  em Sampaio Correia, Distrito de Saquarema .
Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Xandy Novaski e os encantos do Parque Tanguá em Curitiba

Próxima Publicação

AquaRio reabre para o público dia 15 de agosto

107 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.