André Conrado, a Baía de Guanabara e suas encantadoras ilhas - Parte 2: Brocoió, a misteriosa ilha!

Foto Ilha de Brocoio e Paquetá - Jorge Kfouri -Acervo Marinha do Brasil -Inicio Sec XX

Zarpando da bucólica e histórica Ilha de Paquetá avistamos imediatamente uma enigmática e misteriosa Ilha, cuja a história para muitos é desconhecida.

Mapa Antigo - Fonte MultiRio

A apenas 300 metros de distância de Paquetá, e integrante do Arquipélago de Paquetá – provavelmente o mais bucólico dos bairros do município do Rio de Janeiro – fica a Ilha de Brocoió.      

Na língua tupi-guarani, a palavra “Brocoió” significa “sussurro”. Quando os europeus chegaram à Ilha, os Tamoios, ou Tupinambás, habitavam a região. Acredita-se que, antes da colonização portuguesa, servisse como local de exílio para índios rebelados E sabe-se que, nos tempos da escravidão, o lugar era usado como uma das paradas de quarentena, antes que os negros cativos da África desembarcassem na cidade. Durante o período colonial, quando a cal, misturada ao óleo de baleia, servia de base para as construções, a Ilha também serviu para a produção “caieira”.

Nicolas de Villegagnon
Desenho de Indigenas Ilha de Brocoió

Segundo historiadores, a Ilha foi descoberta por André Thevet, cosmógrafo integrante da expedição de Nicolas Durand de Villegagnon, 1555, como integrante do arquipélago de Paquetá, como dito na matéria anterior. Até os anos 30, pertencia a Maria Albertina Saraiva de Souza, Condessa de São Tiago de Lobão e da “Rio de Janeiro City Improvements”.

Foto da Ilha de Brocoió Anos 30

Foi apenas a partir da aquisição da área pelo empresário brasileiro Octávio Guinle, o mesmo construtor do Copacabana Palace Hotel, que na semana passada completou 97 anos, que Brocoió inaugurou seu período de apogeu. O magnata encomendou ao arquiteto Joseph Gire, um dos mais renomados à época, o projeto de um Palacete que ficou pronto em 1932 e até hoje é o único em estilo normando em toda a América Latina.  Existem relatos de alguns aterros nos seus 200 (duzentos) mil metros quadrados. Os materiais utilizados vieram da França e de Portugal. Um enorme órgão, que possui um mecanismo capaz de executar sozinho um grande acervo de partituras clássicas, foi trazido da Alemanha. Além dos dois andares residenciais, a edificação tem também um sótão e um porão. Ainda fazem parte do complexo uma casa para o administrador, um depósito, uma estufa, um abrigo para lanchas, um píer, um viveiro de peixes e um lago

Foto Palacete Ilha de Brocoio 1933 Fonte Acervo Roberto Cabot - Casa Vogue

Em 1944, durante a gestão de Henrique Dodsworth, a Ilha foi comprada por 6 (seis) milhões de cruzeiros pela Prefeitura do então Distrito Federal, para ser de propriedade do Estado da Guanabara.

Ilha de Brocoio - anos 50

Sobre a lenda, da Ilha ser “mal assombrada”, alguns moradores da Praia Grande, na Ilha de Paquetá, afirmam ouvir ainda hoje os tais sons que vem da Ilha do Brocoió. Praia Grande fica bem de frente para à Ilha que um dia foi um presídio. 

Há quem diga que nem sempre são somente sussurros e gemidos emitidos pelos possíveis espíritos, e ainda, gente que diz ouvir os gritos dos antigos índios. 

Todo esse contexto de sofrimento pelo qual os índios foram submetidos leva ao nome da Ilha. Brocoió é uma modificação de borocoió, que, segundo o Dicionário Etimológico de Antenor Nascentes, “boré-coyá” significa “sussurros”, “sussurrante”.

 

Ilha e Palacete de Brocoió Atual

A promessa de que o local seria aberto à visitação pública, repetida por muitos governantes desde então, jamais se realizou. Transferida para o governo do Estado, a propriedade serviu como residência de verão para algumas autoridades e, em 2016, foi repassada para o Rio Previdência, deixando de ser de titularidade do Poder Executivo. Com o acesso marítimo desativado, a única maneira de se chegar à Ilha, atualmente, é de helicóptero.

Até poucos anos atrás, segundo fontes, ela foi posta à venda pelo Governo do Estado por R$ 45 (quarenta e cinco) milhões de reais, um valor muito acima do que o mercado imobiliário credita sua real avaliação, devido principalmente a sua localização; banhada pelas águas atualmente muito poluídas da Baía, e obviamente no geral, muitas obras necessitariam ser feitas. Além disso o Governo cita um gasto de manutenção de nada menos que R$ 50 (cinquenta) mil reais, para “conservá-la”, fato esse que não se justifica, pois a propriedade não está visivelmente em bom Estado há décadas, juntamente com a maior parte dos bens históricos do Estado do Rio de Janeiro. 

Cogitou-se finalidades hoteleiras no governo anterior, o que seria uma boa alternativa para o belo local. 

Em 2019 com a posse do Governador Wilson Witzel, a Ilha foi transferida para a Secretaria de Estado da Casa Civil e Governança.

Esperamos que em breve, a Ilha e o Palacete de Brocoió, se tornem mais uma bela atração turística da Cidade do Rio de Janeiro!

Na próxima matéria, desembarcaremos na magnífica e mágica Ilha Fiscal. Palco do Último baile do Império! Não percam! 

Fontes:  Braziliana Fotografica – Ilha Brocoió

Governo Estado do RJ.

Fotos Créditos: Arquivo Marinha do Brasil. 

Acervo Marinha do Brasil – Jorge Kfouri 

Acervo Roberto Cabot – Casa Vogue

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Adriana Salituro morre no Rio

Próxima Publicação

Cape May Stage apresenta a leitura virtual de ‘Adrift’

36 Comentários

  • André!! PARABÉNS!!! Como sempre uma bela reportagem!!!!

    • Mais uma vez, parabéns pelo excelente conteúdo! Mais uma jóia do Rio nos é revelada!

  • Fantástico. Eu não conhecia a história da ilha e da propriedade. Muito interessante. Parabéns.

  • Que vontade de conhecer a ilha e o Palácio de Brocoio… Bela matéria! Já estou ansiosa pela próxima!

  • Andre as usual super mon cher amis uhuu

  • Adorei! Maravilhosa reportagem!

  • Maravilhosa reportagem!

  • Parabéns Andre pela matéria muito bem escrita e ilustrada!!! 👏👏👏👏🙌🤗😘

    • Muito obrigado Ana !🙏💐🤩😘

  • Parece bruncadeira, há menos de 1 mês conversei sobre Brocoió através da Casa Civil. E a história é realmente incrivel. Fiquei maravilhada com a história. Muito boa! Parabéns!

  • Parabéns André!! Sempre com ótimas matérias!!

  • Parabéns André!! Excelente matéria!!!

  • Obrigado a todos pelos comentários!

  • … [Trackback]

    […] Find More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Information here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Information here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Information here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Info here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you will find 93799 additional Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More on to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • Amei essa ler esse comentário moro na ilha de PAQETA, gostaria de q fosse aberto ao público.

  • … [Trackback]

    […] Here you will find 62586 more Info on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Information here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Information here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/19/andre-conrado-a-baia-de-guanabara-e-suas-encantadoras-ilhas-parte-2-brocoio-a-misteriosa-ilha/ […]

  • Thanks in support of sharing such a fastidious thinking, post
    is nice, thats why i have read it completely asmr 0mniartist

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.