Xandy Novaski entrevista a jornalista e escritora Rogéria Gomes

ROGÉRIA GOMES - Crédito Arquivo Pessoal

ROGÉRIA GOMES é autoridade no que se refere à cena teatral brasileira. Âncora de dois programas que marcaram época (um de TV e outro de rádio), ambos voltados para as produções memoráveis e seus backstages, a jornalista e escritora também é autora de um livro que imprime a trajetória artística de grandes damas da nossa dramaturgia. Ministra ainda um curso online voltado para aqueles que desejam se aprofundar nos bastidores e história do teatro.

1 – Inicio falando do programa ‘Perfil’, líder de audiência na TV ALERJ, que contou com a sua presença, marcando uma época no canal. Como era o processo de produção de pautas num tempo em que a internet não fazia parte da nossa rotina?

A produção era feita basicamente por mim e um estagiário. A ideia central do programa era dar destaque a profissionais, em sua maioria ligados a cultura, que tivessem relevância em seus ofícios e possibilitar que suas histórias fossem conhecidas pelo público.  Tentávamos sempre manter a pauta com um mês de frente, mas os imprevistos acontecem e então, o que nos valia era sempre recorrer à agenda pessoal. Gravávamos com uma semana de frente. Os contatos eram feitos via telefone e email, assim como todo material necessário.  

2 – Por cinco anos você também apresentou na rádio Roquette Pinto o programa “Teatro em Cena”. Quais eram as estratégias ao trazer o lúdico dos palcos para uma mídia em que somente a voz se fazia presente?

Contar boas histórias. A espinha dorsal do programa era apresentar ao público além dos atores, atrizes e diretores, esses mais conhecidos do grande público, os profissionais que ficam por traz da cena. Retratar suas histórias e ofícios. Além disso, contávamos com a participação do público, o que era um diferencial também. Sem contar a possibilidade de oferecer convites para oportunizar a participação de nossos ouvintes a frequentar peças que estavam em cartaz.

ROGÉRIA GOMES - Crédito Arquivo Pessoal

3 – Você é autora da maravilhosa obra “As Grandes Damas E Um Perfil do Teatro Brasileiro”. Em que momento despontou a ideia em eternizar num livro a trajetória artística de grandes nomes como Bibi Ferreira, Norma Blum, Laura Cardoso, dentre outras, costurando com o panorama do teatro no Brasil?

A partir de uma época em que fui professora universitária e percebi que a maioria de meus alunos estudantes de jornalismo não conhecia a importante e potente história do teatro brasileiro, história essa que entre tantos feitos contribuiu de forma imperativa para a democracia que hoje viemos. Percebi que seria interessante se houvesse um registro dessa memória, assim surgiu a ideia de escrever o livro. E felizmente tivemos um elenco estelar de depoimentos de atrizes dessa primeira geração que fizeram e fazem a história rica das artes cênicas no Brasil. É sempre muito bom poder compartilhar essa linda e memorável história do teatro no Brasil, deixar essa contribuição.

4 – Você é palestrante e também conferencista nas áreas de dramaturgia brasileira e educação. Qual é a resposta da plateia quando é surpreendida com os bastidores desses temas?

Sempre muito positiva.  Quando falamos em dramaturgia brasileira quase sempre o público fica muito impressionado e surpreso de como é rica essa história, tão cheia de curiosidades, nuances e de artistas dedicados e talentosos.  Mostramos um universo desconhecido e encantador, o que atrai muito. Na verdade é um descortinar. Quanto à educação varia muito do assunto, mas quase sempre procuramos fazer uma conexão com a cultura, o que faz sempre render muito bem e desperta o interesse do público. 

5 – Há outros segmentos de artes cênicas desenvolvidos por você. Fale um pouco mais sobre eles.

Meu principal foco é desenvolver projetos que preservem a memória da cultura, em especial das artes cênicas brasileiras. Entre os projetos que desenvolvo, estão quase todos ligados também à formação de platéia. Alguns que realizo são: ‘Teatro Vivo para Todos’, com palestras e vivências, ‘Memória Cênica: Leituras Dramatizadas’ oportunidade de apresentar os textos de autores nacionais, ‘Roda de Conversa ‘ com temas ligados à dramaturgia brasileira e sua influência na sociedade, ‘Conversa Com Autor’ onde abordo a história do teatro brasileiro para estudantes, professores, pesquisadores e público em geral, e ‘Mulheres em Cena’ onde retrato a importância da força feminina na construção do teatro nacional. Esses são os principais.

6 – Você tem um Canal no Youtube, “Rogéria Gomes Entrevista”. Devido à pandemia, o bate-papo com os artistas foi adaptado via online. Além do distanciamento social, é claro, o que mais mudou no processo de produção?

O que mudou mesmo foram as adaptações para a gravação em si e para a formatação que precisou ser reformulada. Mas apesar das mudanças necessárias, o resultado final se mantém que é basear a entrevista no conteúdo de cada convidado. 

ROGÉRIA GOMES - Crédito Arquivo Pessoal

7 – Você está com um curso online chamado “O Teatro Brasileiro e a Relação com a Cena Contemporânea”. Qual é o objetivo central do curso e para qual público ele se destina?

Volto sempre à base de todo meu trabalho. Fomentar e trazer ao conhecimento dos estudantes a história rica e potente do teatro brasileiro, no entanto, acho que essa história deve ser conhecida de todos. Sendo assim, as aulas são ministradas de forma muito simples, com interatividade, tornando possível o acesso a qualquer pessoa interessada. E tem sido muito bem recebido, felizmente. Temos um público que não é só de pessoas ligadas ao teatro e tem sido incrível.

8 – No curso você também aborda a trajetória dos mais importantes e destacados autores brasileiros. Quais são as principais contribuições históricas das obras desses artistas para os dias de hoje?

  Cada autor tem seu recorte pessoal em função da época que viveu, no entanto, a contribuição deles é marcante e determinante para o pensamento de um tempo e de valores da sociedade. A dramaturgia deles é atemporal, são textos até hoje possíveis de serem montados e cuja reflexão é completamente pertinente. O teatro é o lugar do humano, portanto, a obra desses autores nos traz a capacidade de nos entendermos como seres desse tempo.

9 – Seu curso tem outro diferencial, ou seja, pode ser ministrado individualmente ou em grupos. Conta um pouco mais sobre essa estratégia.

A proposta é que cada pessoa escolha a melhor forma que deseja. As aulas são divididas em módulos, mas também podem ser feitas em separado a critério do aluno. Propomos vários módulos que passam pelo início do teatro no Brasil, autores brasileiros, Interface do teatro contemporâneo com o inicio do teatro, cias de teatro, a força feminina na dramaturgia, clássicos do teatro, a influência europeia no teatro brasileiro, entre outros. 

10 – Quais são os próximos projetos para quando o isolamento social acabar?

Publicar meu novo livro que acabei de finalizar, terminar a pesquisa de dois outros que estão em andamento e quem sabe trazer à cena um espetáculo que estamos em fase de aprovação nas leis de incentivo.

CONVITE PARA O LANÇAMENTO DO LIVRO AS GRANDES DAMAS E UM PERFIL DO TEATRO BRASILEIRO
Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Xandy Novaski entrevista o modelo Diego Casanova

Próxima Publicação

Luma Olive: ‘Os opostos se atraem, mas até quando?’

17 Comentários

  • Conheço essa competente Jornalista ha mais de 15 anos. Visto, que enfrentamos adversidades das mais diferentes etapas da vida. ora altos, ora baixos. No entanto a Rogéria demonstrava e apresentava soluções inovadoras em dramas e conflitos. Com um tom, exagerado e Empoderada latente em suas veias, deixava visívelmente quem ela é…
    Hoje, vejo uma empreendedora, se reiventando a cada ano suas novas idéias e novos ideais.
    A entrevista foi bem pontual e oportuna nesse momento sombrio que sofremos pela pandemia. Neste sentido fico lisonjeado de ser amigo dessa super Jornalista que fora entrevistada nesta revista.
    Parabéns ao editorial que teve a iniciativa de tratar assuntos culturais que tantos precisamos.
    Parabéns Rogéria, por ser resiliente, constante e implacável.

  • Também conhece essa grande mulher! Cheia de sabedoria e cultura.
    Parabéns pela entrevista!

  • Dois grandes queridos jornalistas com o qual tive a honra de vivenciar bons momentos, O primeiro, Alexandre Novaski o entrevistador e a entrevistada Rogéria Gomes.
    Rogéria é maravilhosa, dedicada, muito profissional e inteligentissima. Tive a honra de conhecer seu trabalho e é uma pessoa muito importante para a cultura de nosso país. Parabens por seu lindo trabalho.

  • Rogéria Gomes é uma das maiores autoridades que trata sobre a História do Teatro. Em tempos que a área da Cultura e a da Educação têm sido profundamente atacadas, sua voz nos diz para seguirmos em frente, lutando para que um dia possamos partilhar e conquistar o acesso a todas e todos aos bens da Cultura e da Educação acumulados pela humanidade.

  • Rogéria respira e nos passa esse amor em seu trabalho.
    Parabéns pela entrevista.

  • Rogeria é de uma competência sem igual!
    Batalhadora, Talentosa e Única!
    Adorei a entrevista e as fotos estão lindas!
    PARABENS Rogeria
    PARABÉNS Xandy
    👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

  • Oi Xandy, parabens pela entrevista. Eu sou fã da Rogéria Gomes. Sim. Uma autoridade nas linhas e entrelinhas do teatro brasileiro. Alias, também tive o prazer de entrevista-la no Plurarte. Grande abraço e sucesso

  • Olá, Xandy. Parabéns pela entrevista e pela escolha da entrevistada. Rogéria Gomes tem uma bagagem considerável no que se refere aos conhecimentos sobre dramaturgia e a importância do teatro no cenário cultural deste imenso país. Tenho o privilégio de ser amigo da Rogéria, além de ser coleguinha (jornalista), e, entre as prerrogativas, ter dividido o espaço de debates com ela em algumas lives, entre outras atividades de comunicação. A entrevista foi muito rica e bem conduzida, trazendo abordagens sobre o lado multifacetado de Rogéria Gomes, que nos brinda com sua inteligencia e criatividade, fazendo emergir o melhor da ARTE brasileira e a importância de reverenciar os nossos artistas. Rogéria é dessas pessoas que nos faz sentir orgulho da nação. Tudo que precisamos neste país é de pessoas comprometidas, de fato, com as atribuições inerentes às suas atividades profissionais. Ótima entrevista. Muito obrigado.

    Milton Jr.

  • An outstanding share! I have just forwarded this onto a coworker whohas been doing a little homework on this. And he in fact ordered me breakfast because I stumbled upon itfor him… lol. So allow me to reword this…. Thank YOU for the meal!!But yeah, thanx for spending the time to discuss this matter here on your web page.

  • … [Trackback]

    […] Find More Info here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/21/xandy-novaski-entrevista-a-jornalista-e-escritora-rogeria-gomes/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Information here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/21/xandy-novaski-entrevista-a-jornalista-e-escritora-rogeria-gomes/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Information here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/21/xandy-novaski-entrevista-a-jornalista-e-escritora-rogeria-gomes/ […]

  • buy super viagra viagra paypal to australia viagra generic cheap

  • mail order pharmacy pharmacy coupons online pharmacy canada

  • … [Trackback]

    […] Find More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/21/xandy-novaski-entrevista-a-jornalista-e-escritora-rogeria-gomes/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/21/xandy-novaski-entrevista-a-jornalista-e-escritora-rogeria-gomes/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you will find 81629 additional Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/21/xandy-novaski-entrevista-a-jornalista-e-escritora-rogeria-gomes/ […]

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.