Xandy Novaski entrevista a atriz e cantora Rita Porto

Seja nos palcos europeus ou brasileiros, RITA PORTO tem marcado presença de forma apaixonante. Residente no Brasil há oito anos, ela já presenteou o público de São Paulo e Rio com belas canções. Atuou ainda produções cinematográficas, uma delas disponível numa plataforma de streaming com ótima aceitação do público, e faz parte do elenco de “Salve-se Quem Puder”, novela do horário das 19h na Rede Globo. Conheça um pouco mais de sua arte!

1 – O mundo dos palcos entra para a sua vida logo cedo, ou seja, com apenas 12 anos você obtém duas certificações: uma pela “Royal Academy of Dance” e a outra pela “Imperial Society of Teachers of Dancing”, ambas voltadas para o universo da dança. É nessa época que, inclusive, lhe vem uma surpresa do quanto pisar nos palcos é como estar na própria casa. Qual foi o exato momento em que essa sensação tomou conta de você?

Bem eu fiz ballet clássico por 12 anos. Desde sempre que amei palcos e público! Quando tinha uns 3/4 anos era colocada depois do almoço em cima da mesa da casa dos meus avós, onde se faziam grandes convívios de família para recitar, representar, então desde que me tenho como gente: os palcos são como a minha casa!

RITA PORTO - Crédito Arquivo Pessoal

2 – Da dança para a dramaturgia, pouco tempo após as inúmeras oficinas e formações, tendo como destaque o “Teatro e Expressão Dramática”, você ganha o prêmio “Revelação” no IV Encontro Nacional de Teatro, pela atuação como Hermínia Menezes em “Se os Tubarões Fossem Homens”, de Bertold Brecht. Podemos dizer que há o antes e depois na sua carreira após a premiação?

Acho que tudo é um aprendizado, uma experiência. Faz-nos crescer. Neste ano o ‘Encontro’ foi sediado numa cidade do interior (Castro Daire), na Beira Alta, e todos os grupos de teatro se hospedaram nos mesmos locais. Foi um convívio muito saudável e inesquecível! Se há um antes e depois? Sim claro, sem dúvida! Durante o encontro tive um ato de rebeldia: mudei sozinha o look e cortei uma franja curtíssima. (risos) Quase irreconhecível!

3 – Após estrear profissionalmente como atriz em Lisboa e colaborar no Grupo Zero, você constrói uma sólida carreira na música. Passou por salas em Portugal, Itália e Brasil, onde mora há 08 anos. Como foi cantar para os brasileiros nas mais emblemáticas casas de shows em São Paulo e Rio de Janeiro?

O povo brasileiro sempre me acolheu muito bem. Me senti cria desta terra que escolhi para viver. É uma sensação ótima poder mostrar a minha arte! 

4 – O Brasil também lhe fez retornar para o mundo da dramaturgia. Você foi escalada para três produções cinematográficas. O que achou do processo de produção do cinema em terras brasileiras?

A dramaturgia em geral, mas em especial o cinema, teve uma evolução gigante nos últimos anos! Provas dadas de belíssimas produções com ótimos profissionais! Eu tive duas experiências: uma com cinema independente e outra c grandes patrocínios. Em ambas sinto total entrega e profissionalismo de todos os envolvidos. Estão de parabéns! Muita qualidade!

 

RITA PORTO - Crédito Arquivo Pessoal

5 – Um dos filmes, “Sete Chaves e uma Mensagem”, rodado em 2018, teria sua estreia prevista para o primeiro semestre deste ano de 2020. O evento chegou a acontecer ou a pandemia forçou o adiamento?

Então, o ‘SETE CHAVES’ foi adquirido por uma das plataformas streaming, a AMAZON PRIME.  Quem viu gostou.  

6 – Por falar em covid-19, como você está se virando longe dos palcos e da arte em geral?

Tal como o mundo inteiro, estou a tentar não enlouquecer ou morrer asfixiada. Tento usar a criatividade noutras coisas. Tenho criado peças de decoração, lido textos, estudando personagens.

7 – Eu insisto na tecla ‘palco’, pois ele é como se fosse a sua casa. Pois bem: foi em dois teatros lendários da cidade do Rio de Janeiro, o Cândido Mendes e o Vanucci, que você nos presenteia com sua dramaturgia ao atuar no espetáculo “Seis Sogras”. Qual é a principal diferença que notou entre o público europeu e o brasileiro?

Devo confessar que não notei grande diferença, pois estreei em palcos brasileiros com uma comédia light e a gargalhada é uma linguagem universal. É muito bom atuar em qualquer parte do mundo! 

8 – Você estava em outra produção, com texto e direção de Márcio Azevedo, que teria sua estreia para o primeiro semestre deste ano. Devido à pandemia, como estão os bastidores da produção?

Então, nós tivemos nossa leitura dramatizada dia 12/03 no Real Gabinete Português de Leitura (que foi um sucesso) e iríamos estrear uma temporada no Teatro Glaucio Gil a partir do dia 08/04. Mas tal não chegou a acontecer, pois iniciei meu confinamento dia 13/03. Fizemos mais uma leitura nos palcos virtuais e temos uns  bate-papos preparados acerca dos temas principais da peça, personagens e suas histórias. 

RITA PORTO - Crédito Arquivo Pessoal

9 – Um dos seus filmes tem como exibidor final a Netflix. A TV é algo que faz parte da rotina do brasileiro, principalmente a teledramaturgia. E é dela que quero falar agora. Você fez uma terapeuta em “Salve-se Quem Puder”. Fale um pouco sobre sua personagem e como está a produção, alguma novidade sobre a volta?

Foi a minha primeira experiência em novelas e adorei! A pandemia suspendeu tudo e o futuro é uma incerteza, uma vez que os autores tiveram que reescrever grande parte das suas tramas e fazer vários ajustes. Aguardemos! Quanto à Dra. Yara, ela é uma psicoterapeuta decidida, bastante profissional, mulher de sucesso que tem muito estilo.

10 – Quais são seus próximos projetos para quando tudo isso passar e o mundo retomar seus costumes? Aliás, o que será diferente na sua concepção?

Bem, aguardo o regresso das gravações de dois projetos, o início da rodagem de mais um longa, a volta aos palcos para que eu possa dar a conhecer a história de Maria Eugênia na peça ESTRANHA FORMA DE VIDA e tenho alguns planos para participar numa produção portuguesa já para o início do próximo ano. Acho que não será para voltarmos ao normal, será para ajustarmos o “nosso normal” à nova realidade mundial! Mas vai dar certo se as pessoas forem menos egoístas e mais conscientes.

RITA PORTO - Crédito Arquivo Pessoal
Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Flavio Santos: ‘o popular Roberto Leal’

Próxima Publicação

Douglas Delmar apresenta Fernando Daniel, o jovem fenômeno musical de Portugal

14 Comentários

  • magnificent put up, very informative. I’m wondering why the other specialists of this sector do not realize this.
    You should proceed your writing. I’m confident, you’ve a huge readers’ base already!

    34pIoq5 cheap flights

  • Excellent article. Keep posting such kind of information on your site.
    Im really impressed by your site.
    Hey there, You have done an excellent job. I’ll definitely digg it
    and personally recommend to my friends. I’m sure they’ll be benefited from this site.
    y2yxvvfw cheap flights

  • … [Trackback]

    […] Find More on to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Info here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] There you will find 50387 additional Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] There you will find 65207 additional Info to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you can find 35533 additional Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Info to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] There you can find 72704 additional Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you will find 7415 additional Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Info to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Info here to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More on to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/08/23/xandy-novaski-entrevista-a-atriz-e-cantora-rita-porto/ […]

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.