Emergência do Glória D’Or abre as portas

Divulgação

No complexo do recém-inaugurado Glória D’Or, hospital construído pela Rede D’Or nas históricas instalações da Beneficência Portuguesa e que, no dia 9 de junho, inaugurou sua emergência, já funciona a maior emergência clínica e ortopédica do Rio de Janeiro. O hospital, neste primeiro momento, opera com 80 leitos, mas com capacidade de chegar a 250 e deve gerar mais de dois mil empregos. A revitalização da área começou em 2017 e custou cerca de R$ 300 milhões. O antigo prédio da Beneficência vai abrigar um centro integrado de assistência, ensino, pesquisa e inovação. Linhas de estudo do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) já estão sendo desenvolvidas na unidade, e a previsão é que no próximo ano a Faculdade IDOR de Ciências Médicas também se mude para o endereço.

As modernas instalações da emergência trazem um contraponto à arquitetura clássica que marcam os prédios históricos. Com capacidade para 20 mil atendimentos mensais e entrada pela Rua Benjamin Constant, a unidade está preparada para atender casos de média e alta complexidade, dispondo de tecnologia de ponta e uma equipe altamente qualificada. A emergência do Glória D’Or funcionará em um prédio espelhado, recém-construído, ao lado do imóvel da antiga Beneficência Portuguesa, que foi revitalizado, mantendo as características originais. A construção antiga, entre as ruas Benjamin Constant e Santo Amaro, ainda exibe balaústres de louça, pisos de mármore, grandes vitrais e obras de arte. Para que nenhum detalhe das instalações históricas, de portas e janelas azuis, fosse perdido, a restauração do complexo, tombado em 1990 pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, baseou-se em mais de mil fotos.

“Estruturada em mais de três mil metros quadrados, a emergência conta com importantes diferenciais para oferecer um serviço de excelência à população”, destaca o diretor geral, Bruno Queiroz, que também garante que a unidade está preparada para atender todos os tipos de pacientes durante a pandemia. Foi estabelecido um fluxo totalmente apartado para o atendimento de pacientes com sinais e sintomas de Síndrome Respiratória. “Além de treinamento das equipes e criação de protocolos de segurança, foi estabelecida uma área de atendimento separada com entrada, sala de espera, consultórios para avaliação inicial e área de observação exclusivas”, explica o diretor.

A emergência possui 14 consultórios para avaliação inicial, 29 unidades de medicação e 24 leitos de observação. Além de oferecer atendimento ortopédico 24h, também conta com o suporte de equipes de Otorrinolaringologia, Cirurgia Geral, Cirurgia Torácica, Cirurgia Plástica, Cirurgia Cardíaca, Cirurgia Vascular, Neurocirurgia, Urologia e Ginecologista. Entre os diferenciais citados pelo diretor está a metodologia de atendimento Smart Track. Desenvolvido pela própria Rede D’Or, o modelo unificou a equipe de triagem e a de atendimento inicial para que o processo seja mais ágil e resolutivo. Durante todo o tempo em que está na unidade, o paciente é monitorado pelo profissional de saúde responsável e pelo sistema de rastreamento informatizado. Este rastreamento em tempo real confere a agilidade necessária nos tempos de realização de exames sem comprometer a qualidade assistencial.

“É um fluxo inteligente de circulação de pacientes e profissionais no atendimento da emergência do hospital”, explica Bruno, que também aponta o cuidado qualificado ao paciente em situação de urgência e emergência cardiovascular, cerebrovascular e traumas e o Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) como outros destaques da unidade. Enquanto o primeiro representa uma série de protocolos que padronizam a qualidade do atendimento, garantindo que os pacientes recebam os mesmos cuidados em qualquer uma das unidades da Rede, o segundo coloca à disposição do paciente, de forma integrada, os tipos de exames mais modernos, como radiológicos, Tomografia Computadorizada, Ressonância Nuclear Magnética, Ecodopplercardiografia, Ultrassonografia e Laboratório de Análises Clínicas.

 Sobre a Rede D’Or

Fundada em 1977, a Rede D’Or São Luiz é a maior rede de hospitais privados do Brasil com presença no Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão, Sergipe e Bahia. O Grupo opera com 50 hospitais, sendo 49 próprios e um hospital sob gestão. A Rede possui 7,5 mil leitos totais, e tem planos de chegar a 11 mil leitos até 2022. São, ao todo, 51,8 mil colaboradores e 87 mil médicos credenciados, que realizam cerca de 4,05 milhões de atendimentos de emergência, 278 mil cirurgias, 33 mil partos e 476 mil internações no último ano, além de 8,2 mil cirurgias robóticas em quatro anos do início deste novo serviço. A Rede D’Or São Luiz também conta com a Oncologia D’Or e Onco Star, rede de clínicas especializadas em tratamento oncológico em oito estados brasileiros.

A entrada do Centro Médico e Emergência Glória D’Or são pela Rua Benjamin Constant, 63 – Telefone 21 2545-3600.

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

André Conrado e a Baía de Guanabara e suas encantadoras Ilhas – Parte 3: ‘a bela Ilha Fiscal e o mitológico Palacete!’

Próxima Publicação

Hotel Transamerica São Paulo inaugura área verde para eventos

150 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.