Douglas Delmar entrevista o poeta Peter Pires

PETER PIRES – Crédito Arquivo Pessoal

Peter Pires nasceu na França, porém adotou Portugal como sua terra. Apesar da infância difícil vivida um ambiente rural, a necessidade de expressar suas emoções já se fazia presente e foi através da escrita que deu voz aos seus desabafos, confissões e reflexões acerca da vida. Peter, como muitos poetas da atualidade, utiliza-se das redes sociais para compartilhar suas obras. Conheçam um pouco de sua sensível trajetória pessoal e literária.

1 ) Conte-nos como despertou a sua paixão pela poesia?

A minha paixão pela escrita revelou-se muito mais tarde, comecei a escrever desde muito cedo, porém comecei a escrever em forma de desabafo, devido à minha timidez, e minha forma de ser reservado e pelo meio ambiente rural e de mentes fechadas em que vivia na época, não era visto de muito bom tom um homem expor seus sentimentos através da escrita. Por isso nunca publicava nada, nem mostrava meus textos para ninguém. A paixão surgiu bem depois, quando me apaixonei, e me servia da escrita para me declarar…

2) O poeta tem um modo único de vislumbrar a existência e lidar com as emoções, extraindo inspiração de suas vivências e sentimentos. O que te inspira a escrever?

O que me inspira a escrever são as coisas que acontecem no dia a dia, sentimentos que surgem, acontecimentos que de certa forma me marcam ou marcam alguém que me é próximo, não escrevo por obrigação, não me sinto na obrigação de escrever todos os dias, nem escrevo (por enquanto ficção) ou textos romanceados. A inspiração surge quando a minha sensibilidade é afetada, ou por estar a viver um momento muito feliz ou o inverso. 

 3) Você tem uma página na internet chamada Fragmentos de Minh’alma onde compartilha seus escritos com o público em geral. Como as pessoas reagem às suas palavras? Já tocou o coração de alguém com alguma poesia sua?

A minha página surgiu por sugestão de alguns escritores amigos com quem tenho muitas afinidades, uma página só de textos. O público em geral que me acompanha reage bem às minhas palavras escritas, e o certo é que há uma troca de sentimentos entre os meus leitores e eu, como já escrevi em vários textos não é a quantidade de curtidas que me motiva a publicar lá, mas a interação com pessoas que passaram pelo que eu passei, ou mesmo ver e analisar a interpretação que fazem sobre o que escrevo. Já toquei e toco muitas pessoas sensíveis, como o inverso acontece. Já chorei lendo comentários, e tentei aprofundar o porquê deles. Converso com os leitores e de certa forma nos ajudamos mutuamente.

 4) Cada poeta tem uma maneira de escrever. Alguns preferem rimas, outros, versos soltos e livres. Qual estrutura você prefere usar quando escreve seus poemas?

Nesse campo sou muito versátil, depende da minha disposição (risos). Desde rimas a textos quebrados, reflexões e frases soltas, e tudo depende do estado de espírito e da mensagem que quero transmitir.

 5) Quais são suas outras paixões, além da escrita?

Tenho muitas paixões para além da escrita, amo ler, meditar, socializar, como também tenho uma paixão pelo silêncio quando necessito dele para me reencontrar. Tenho uma grande paixão pela dança que é outra forma de transmitir sentimentos através das expressões corporais. Paixão pelo meio rural onde cresci, andar descalço na terra, contacto com a natureza…. 

 6) A literatura mudou sua vida de algum modo? Como?

De forma geral a literatura muda a vida de todos um pouco, aos sonhadores dão motivos para sonhar mais alto, aos românticos de amar mais, aos “sofredores” tentar encontrar um pouco de paz, aos perdidos na escuridão encontrar um pouco de luz, e eu me encaixo em todos eles (risos).

 

PETER PIRES – Crédito Arquivo Pessoal.

7) Sua terra natal é a França, porém você mudou-se para Portugal ainda criança. Como foi acostumar-se com a cultura do país lusitano?

Sim eu nasci em França, filho de imigrantes portugueses. A mudança foi bem complicada, apesar de Portugal fazer parte da Europa, na época era um país bem “atrasado” em relação ao meu país de origem em todos os níveis, desde a educação a tecnologia,  e sobretudo na mentalidade e, demorei muito a tentar “encaixar-me” e ser aceito pela sociedade em si, para eles eu era estrangeiro apesar de ser filho de gente daquela terra…      

 8) Suas obras literárias são sempre partilhadas de modo virtual. Em tempos onde as pessoas leem pouco, a internet é uma ótima ferramenta para incentivar a leitura. Já pensou em lançar um livro físico com suas frases, textos e poemas?

As redes sociais e a internet, nesse campo ajudam bastante a chegar mais longe. Quanto à possibilidade de lançar um livro, o primeiro livro já está escrito, já está numa editora e provavelmente será lançado em breve. Pena que a cultura aqui seja muito dispendiosa a meu ver, senão já teria lançado mais livros… 

 9) Ao longo do tempo, Portugal nos brindou com grandes nomes da literatura. Há algum autor português que você aprecie?

Eu leio um pouco de todos, seria injusto mencionar um só, assim como grandes nomes da literatura brasileira de vários gêneros literários, épicos e atuais. Apesar de achar a literatura brasileira bem mais leve que a portuguesa, mais “alegre”… 

 10) Como podemos estimular, nas pessoas, o gosto pela poesia? E qual a sua mensagem aos novos poetas que vem nascendo?

Estimular os leitores para a poesia é fácil e difícil ao mesmo tempo, mas acho que se cativarmos o leitor pela simplicidade da escrita, é meio caminho andado para o leitor aprender, e entender a poesia. Aos novos poetas apenas direi: sejam bem-vindos, e não desistam de transcrever sentimentos, não se sintam de certa forma coagidos, ou com receio pelos grandes poetas, há espaço para todos e leitores também….   

PETER PIRES – Crédito Arquivo Pessoal.
Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Flavio Santos: ‘O Liceu Literário Português’

Próxima Publicação

Roseli Siqueira: ‘abraçar faz bem!’

4 Comentários

  • … [Trackback]

    […] Read More Information here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/14/douglas-delmar-entrevista-o-poeta-peter-pires/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/14/douglas-delmar-entrevista-o-poeta-peter-pires/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you can find 56100 additional Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/14/douglas-delmar-entrevista-o-poeta-peter-pires/ […]

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.