Nelma Canellas e os 5 Ingredientes ardilosos na harmonização enogastronômica!

Os gêneros alimentícios e sabores abaixo relacionados são aqueles os quais, você deve ficar alerta, quando for escolher cardápios e vinhos. Eles deverão estar bem adequados, pois são sabores e texturas mais difíceis para uma boa harmonização.

Hortaliças

Alcachofra – A alcachofra confere à maioria dos vinhos um sabor metálico amargo. O ideal é espremer sobre ela gotas de limão ou servi-la com um molho vinagrete. Os vinhos que melhor se adaptam à alcachofra são os brancos jovens de alta acidez, como: os Sauvignon Blancs e Chardonnays.

Aspargos – Seu poderoso sabor requer um cuidado especial na escolha do vinho. Os Sauvignon Blancs e os Chardonnays, jovens e aveludados, vão muito bem quando os aspargos forem servidos com uma beurre blanc derretida.

Espinafres – Vão bem com tintos italianos não muito potentes, ou Pinot Noirs de variadas regiões, visto que, em geral, são servidos como guarnições em creme de espinafre.

Doces

Chocolate – A dificuldade do chocolate, em geral, é dupla, devido à textura pesada e a sua doçura extrema, o que o acaba sobrecarregando as nossas papilas gustativas. Assim sendo, o vinho deve apresentar a mesma doçura, alto teor alcoólico e muito corpo. Indicaria para acompanhar as sobremesas de chocolate os Asti, para doces leves como as mousses, e um Porto Tawny para as sobremesas tipo torta. Por fim, o incomparável Sauterne para os chocolates não tão pesados.

Sorvetes – Ah… os sorvetes! O intenso frio entorpece nossas papilas gustativas, aniquilando o sabor da maioria dos vinhos doces, mas, o único que resiste ao gelato é o Moscatel licoroso, que certamente é a melhor escolha para acompanhar os sorvetes de baunilha, nozes, amêndoas e passas ao rum. Tente fugir dos sorvetes de frutas! 

 

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Ovadia Saadia: ‘Chieko Aoki, fundadora da rede Blue Tree Hotels, fala sobre hospitalidade japonesa no podcast Japão sem Escalas’

Próxima Publicação

André Conrado e a bela São Salvador da Bahia – Parte II: Farol da Barra e Forte de Santo Antônio da Barra

10 Comentários

  • … [Trackback]

    […] Information on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More Info here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • … [Trackback]

    […] Here you can find 73061 additional Information to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • … [Trackback]

    […] Info on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • … [Trackback]

    […] Find More Info here on that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • … [Trackback]

    […] Info to that Topic: revistadovilla.com.br/2020/09/18/nelma-canellas-e-os-5-ingredientes-ardilosos-na-harmonizacao-enogastronomica/ […]

  • buy cialis drug

    Generic for sale

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.