Chef Emanuel Wollz, os encantos da caipirinha e sua origem

Origem. Existem diferentes versões para a origem da bebida. Entre as fontes acadêmicas, é consenso que a caipirinha foi inventada no interior de São Paulo, havendo, no entanto, divergências quanto à razão de sua origem e à região específica no estado de São Paulo em que ela teria surgido. Abaixo veremos outras versões.

Muitos apreciam a Caipirinha, mas poucos conhecem a história do drinque brasileiro mais famoso no mundo.

Brasileiros que viajam para o exterior, certamente, conhecem muitas histórias sobre pratos típicos, bebidas e drinques regionais, mas nem imaginam que a Caipirinha consta na nossa legislação reconhecida como patrimônio cultural brasileiro, assim, como a cachaça, que é a alma da caipirinha. Isso porque é comum outros países valorizarem a sua história, o que não acontece muito no Brasil.

Assim como muitos acontecimentos na história do Brasil, a maioria há mais de uma versão, no caso da caipirinha não é diferente. Então, vamos começar pelas possibilidades mais mencionadas em pesquisas e que são 2:

Vamos começar pela versão popular a qual diz que a bebida foi criada inicialmente como remédio e teria sido inventada pelo fazendeiro Paulo Vieira na cidade de Piracicaba, no interior do estado de São Paulo, em 1918. Nesta época, quando alguns dos trabalhadores dele adoeceram por conta de um surto de gripe espanhola, ele teria feito uma mistura com limão, alho e mel, no entanto, ao invés do álcool que era muito utilizado para acelerar o efeito terapêutico, ele teria colocado a cachaça que também era muito utilizada. “Até que um dia alguém resolveu tirar o alho e o mel. Depois, acrescentaram umas colheres de açúcar para adoçar a bebida. O gelo veio em seguida, para espantar o calor”, explica Carlos Lima, diretor-executivo do Ibrac (Instituto Brasileiro da Cachaça).

Já de acordo com a segunda versão de abordagem acadêmica, alguns historiadores declaram que a caipirinha foi criada por fazendeiros latifundiários de Piracicaba (SP), durante o século 19 e não como remédio, mas como um drinque local para grandes e importantes comemorações, enaltecendo a força da cultura canavieira na região. Tamanho glamour dado à caipirinha, logo que foi criada, era vista como uma bebida regional de excelente qualidade, sendo por um tempo substituída pelo Whisky.

Porém, da origem de alta classe, logo a caipirinha se popularizou por todo o Estado por conta do baixo preço dos ingredientes para prepará-la, tornando-se a bebida-símbolo de São Paulo, ainda mesmo no século século XIX (19). Vale destacar que no início do século 20, na década de 1930, já era possível encontrá-la em outros estados, principalmente em Minas Gerais e no Rio de Janeiro.

Outras possibilidades – Há registros também que foi encontrado em Paraty (RJ), o registro mais antigo de uma possível inspiração para o coquetel nacional. Mais precisamente, teria sido num bate papo com o historiador paratiense Diuner Mello,  que foi descoberto em um documento com data de 1856 relatando as medidas tomadas também por conta de uma epidemia de cólera na região. Entre os registros, tem uma carta do engenheiro civil João Pinto Gomes Lamego que apresenta uma receita que daria origem ao que hoje chamamos de Caipirinha. 

Segue trecho:

 “…por isso, tenho provido que a necessidade obrigou a dar essa ração de aguardente temperada com água, açúcar e limão, a fim de proibir que bebessem água simples.” (Registro de Ofícios da Câmara Municipal, pag. 139 , 1856).

Como vemos, nada mais é do que a receita da nossa legítima caipirinha conforme descrita em legislação, acrescentando apenas que o drink deve ser servido com uma colher – o que é ótimo para comermos as frutas no final, mas que normalmente servimos com um mexedor.

Tem ainda um texto escrito por Sidney Simões bem interessante sobre a origem da caipirinha que diz o seguinte: “Da batida de limão evolui-se para o limão com casca em rodelas ou pedaços. A tecnologia ajudou e tínhamos gelo à vontade para torná-lo refrescante. Mas quando é que o nome de caipirinha foi usado pela primeira vez para rotular o drinque? Caipira era o termo paulista que designava a “habitante do campo”, segundo o Dicionário de Vocábulos Brasileiros de 1889 e mesmo a origem desta palavra é obscura. Aparentemente originou-se do Tupi de “caipora” ou “curupira”. Caipora ou em uma tradução literal do Tupi por significa “habitador do mato”. Curupira é um ente fantástico, um demônio que vagueia errante pelo mato. Talvez alguém tenha abusado da bebida e valorizando a mitologia nacional viu “curupirinhas” à sua volta ao invés dos tradicionais elefantes-rosa dos desenhos animados. Mas isso tudo é especulação. Certo é que a caipirinha é hoje um drinque conhecido internacionalmente e incorporado ao nosso rico folclore.

 Caipirinha nos Dicionários Internacionais – Ainda neste texto, Sidney destaca a forma como nossa caipirinha é descrita internacionalmente no “The Dictionary of Drink” da Tiger Books, segundo ele, o material apresenta internacionalmente a receita da caipirinha da seguinte forma: “Uma dose de cachaça, um limão e açúcar à gosto. Corta-se o limão em pequenos pedaços, coloca-se o açúcar e se amassa. Serve-se em um copo padrão, enche-se de gelo e, finalmente, adiciona-se a cachaça. Deve ser servido com uma colher.” (Sidney Simões)

O dicionário on line www.en.oxforddictionaries.com define a Caipirinha como sendo um coquetel brasileiro feito com cachaça limão ou lima, açúcar e gelo moído.

 Outras versões – Há ainda algumas menções de historiadores sobre a possibilidade de tal origem ser de Santos, região das primeiras alambicadas de aguardente. 

Tem quem dê os créditos à Carlota Joaquina – adepta da boa caninha e suas misturas com as frutas dos trópicos e, entre tantas incertezas, surgem até versões inusitadas como Jô Soares no livro “O Xangô de Baker Street”, que apresenta o Dr. Watson, amigo de Sherlock Holmes, como o pai da caipirinha.

Seja qual for a origem, atualmente, é o drinque brasileiro mais conhecido internacionalmente e com potencial de tornar o futuro da nossa cachaça bem promissor. Afinal, para ser caipirinha tem que ser com cachaça que, assim como a caipirinha, também é protegida por lei e reconhecida como bebida patrimônio brasileiro. Resumindo: a Caipirinha é nossa!

Caipirinha – Bebida de sabor ácido, aroma cítrico e paladar agradável, dando água na boca. A Caipirinha entrou em 1997 para o seletíssimo grupo de Cocktails da I.B.A (International Bartenders Association), sendo assim, divulgada em mais de 50 países e oferecida nos principais cardápios de bares e restaurantes mais famosos do planeta, pelos maiores mestres da Arte da Coquetelaria. Este foi mais um grande empurrão para que em breve, creio eu, a bebida possa se tornar um dos cocktails mais apreciados e conhecidos mundo afora. (Fonte: Paulo Avelino Jacovos – Associação Brasileira de Bartenders)

RECEITA DA CAIPIRINHA ORIGINAL

INGREDIENTES

limão grande

2 colheres de açúcar

gelo a gosto

cachaça

MODO DE PREPARO

Pegue o limão coloque-o na horizontal e retire as duas pontas, vire-o na vertical e corte-o ao meio, retire os meios (parte branca) do limão e fatie.

Coloque o limão fatiado e duas colheres bem cheias de açúcar dentro de um copo próprio para a bebida e com um socador esprema até que saia todo o suco do limão.

Coloque pedras de gelo até quase encher o copo (aproximadamente 12 pedras pequenas de gelo) e encha o copo com a cachaça.

Mexa bem com uma colher ou coloque em uma coqueteleira e sirva-se!

Por que a caipirinha tem esse nome?

Uma das versões para o nome da bebida diz que, vinda de Piracicaba, quando chegou ao porto de Santos, ela recebeu o apelido de “caipirinha” devido sua origem interiorana, ou seja, caipira. Outra versão diz que o nome faz alusão às pessoas que bebiam o drink originalmente, que eram os caipiras vindos do interior.

“Se sua vida é azeda, adicione cachaça e gelo e aprecie uma boa caipirinha. O melhor remédio pro mau humor é um bom drink com as amigas no fim do dia. Um homem que não bebe, é um homem com sede. Não coloque palavras na minha boca.”

 

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Kika Macedo em live com o renomado cirurgião plástico Dr. Augusto Valente

Próxima Publicação

Ovadia Saadia apresenta a exposição de Roberto Camasmie e Nelson Pantano com homenagem à atriz Giovanna Ewbank e parte da renda revertida para o Incor

15 Comentários

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a video game where you can do anything you want. SL is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these second life websites and blogs

  • This was awesome! I would like you to clean up all this spam though

  • I don’t know about you people but I am obsessed with airplanes. I have a friend in highschool that loves airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2011/03/spirit-airlines-changes-fee-structure-causes-end-of-world-predictions-ok-not-really/

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a video game where you can do anything you want. Second life is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these Second Life websites and blogs

  • I don’t know about you all but I love airplanes. I have a friend in highschool that loves airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2009/10/recent-history-the-boeing-717/

  • I don’t know about you people but I am obsessed with airplanes. I have a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2010/01/air-france-uses-a-new-thinner-seat/

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a video game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you want to see more you can see these second life websites and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a video game where you can do anything you want. SL is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these sl authors and blogs

  • I don’t know about you people but I infatuated with airplanes. I have a friend in highschool that loves airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2011/04/flying-a-helicopter-from-xenonproject-com/

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a video game where you can do anything you want. Second life is literally my second life (pun intended lol). If you want to see more you can see these sl websites and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a online game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you want to see more you can see these sl articles and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a online game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these sl articles and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these sl authors and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a online game where you can do anything you want. Second life is literally my second life (pun intended lol). If you want to see more you can see these sl websites and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a video game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you want to see more you can see these sl articles and blogs

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.