Turismo do Porto e Norte se prepara para tornar-se referência mundial no setor enogastronômico. Confira!

Foto Arquivo Jornal do Centro

O Turismo do Porto e Norte, em Portugal, do qual fazem parte 11 concelhos do distrito de Viseu (Armamar, Cinfães, Lamego, Moimenta da Beira, Penedono, Resende, São João da Pesqueira, Sernancelhe, Tabuaço e Tarouca) quer se tornar destino de referência a nível internacional do turismo enogastronômico.

Por conta do Dia Mundial do Enoturismo, celebrado no último domingo, 8, o presidente da Turismo do Porto e Norte, Luís Pedro Martins revela que as três Comissões Vitivinícolas da Região e o Instituto dos Vinhos do Douro e Porto vão apresentar no início do próximo ano um “ambicioso projeto, que se encontra em fase final de produção”.

Luís Pedro Martins explica que o setor dos vinhos é um dos principais atributos da oferta turística da região. “É um produto com enorme capacidade de atração, que facilmente conquista novos públicos, cria uma relação emocional e, bem explorado e dinamizado, alavanca outros produtos turísticos como a gastronomia, o turismo cultural, o turismo de natureza, o turismo náutico, de saúde e bem-estar, entre outros”, pontua. 

Para isso planeja, para o próximo ano, fins-de-semana gastronômicos contando com a participação de mais de 80 municípios, hotéis, centros culturais e pólos enogastronômicos da região para que as experiências de enoturismo possam fixar o turista em estadas mais prolongadas e em períodos de baixa temporada. 

 

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Osvaldo Novais desvenda as maravilhas da Costa Espanhola

Próxima Publicação

Acompanhe a programação de novembro da Casa Julieta de Serpa

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.