Ovadia Saadia: musa Esther Góes de volta a TV e ao teatro do SESC em Jundiaí, SP

Depois da interrupção das gravações no Marrocos, motivada pela pandemia,  a diva dos palcos  e da televisão brasileira, Esther Góes participa da retomada da novela GÊNESIS, pela TV Record. Na narrativa da história de Abraão (Zé Carlos Machado), de autoria de Camilo Pellegrini,  Esther Góes desempenhará a segunda fase de NADI, uma das esposas  de Terá (Júlio Braga), pai de Abraão. A primeira fase de NADI será interpretada por Camila Rodrigues.

A novela GÊNESIS tem sua trama baseada no livro GÊNESIS da Bíblia, contando desde a criação do homem até a escravidão dos hebreus no Egito.

Já o  CURSO da Profa. Ana Maria Pompeu “As Mulheres em Aristófanes”, a ser realizado pelo SESC no Ciclo de Leituras Dramáticas, na Unidade Jundiaí, faz parte de um Projeto de pesquisa e investigação do Feminino em Aristófanes, promovido pela atriz Esther Góes, o diretor Marcio Aurelio, os atores Ariel Borghi e Paulo Marcello e a documentarista Alcione Alves.

A Profa. Dra. Ana Maria Pompeu é estudiosa e especialista, também tradutora,  da obra dramatúrgica  de Aristófanes, e o Curso  a ser ministrado se debruça sobre as três peças em que o autor aborda o tema feminino: Lisístrata, Tesmoforiantes e Assembleia de Mulheres.

O CURSO dá sequência à investigação sobre esses textos dedicados às mulheres,  que foi iniciada com a realização da live “As Mulheres e Aristófanes”, no programa Em Casa Com SESC, em 27/09, com Esther Góes e Ariel Borghi, direção de Marcio Aurelio, assistência de Paulo Marcello e câmera de Alciones Alves.

O Curso da Profa. Ana Maria Pompeu será gratuito, em Plataforma virtual (Plataforma Teams),  e ocorrerá às segundas e terças-feiras, das 19 às 21hs, no período de 16 de novembro a 08 de dezembro. Será constituído de Leitura Dramática dos textos abordados e Seminário, com a participação interativa dos alunos.

Inscrições mediante carta de interesse e currículo artístico em:

cenicas.jundiai@sescsp.org.br

QUEM SÃO ESSAS MULHERES? (De LISÍSTRATA, TESMOFORIANTES e ASSEMBLÉIA DE MULHERES)

Emergem para nós vindas do século V a.C. com o vigor e a naturalidade de quem acorda repentinamente em outro século. São jovens, mães de família e anciãs. Utópicas, sonham com novos tempos de igualdade. Imperfeitas, às vezes indecentes, corajosas e audazes. Querem o bem de todos e o seu próprio.

Um autor (Aristófanes) se apaixonou por elas e as descreveu muito vivas, num momento em que oficialmente deveriam estar ausentes e não notadas. Mas elas se movimentavam no tecido social com força, velocidade, indignação e …humor! Mulheres espertas que sobreviviam e se divertiam, confinadas nos lares e obedientes….Será um prazer conhecê-las!

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Universal Orlando Resort inicia celebrações de Natal

Próxima Publicação

Sérgio Mattos e a trajetória de Luiz Felipe Altenfelder, que concorre ao Mister Brasil CNB 2020

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.