Leonardo Guimarães e as joias como amuletos: O Trevo

Esse é um símbolo de “boa sorte” muito conhecido, popularmente!

A raridade de um Trevo-de-quatro-folhas o transformou em um poderoso amuleto!

Os antigos magos druidas, que habitavam a Inglaterra por volta do ano 300 a.C., acreditavam que quem possuísse um desses trevos poderia absorver os poderes da floresta e a sorte dos deuses – com isso, também adquiria o dom da Prosperidade.

O trevo de 4 Folhas é o símbolo mais tradicional de boa sorte. Quando se ganha um trevo de quatro folhas, diz a tradição, a pessoa recebe votos de prosperidade, saúde e fortuna. Ainda segundo as tradições, a cada trevo que se colhe, brotam seis novos, multiplicando a sorte para todos.

Existem muitas curiosidades a respeito do Trevo-de-quatro-folhas: uma delas descreve que cada folha do trevo tem um significado: ESPERANÇA – FÉ – AMOR – SORTE.

O número de folhas – quatro – representa um ciclo completo, como as 4 estações, as 4 fases da lua ou os 4 elementos da natureza: Ar, Fogo, Terra e Água.

Diante de tantos adjetivos e significados expressivos em relação ao trevo, explica -se o interesse pelo mesmo, historicamente, na confecção de joias, tendo-o como um verdadeiro amuleto!

Na foto , um pingente ‘Trevo-de-quatro-folhas’ em Ouro amarelo com lindas ametistas em tons contrastantes e diamante no centro, desenvolvido especialmente para uma cliente.
Ahh! Ametistas são conhecidas por seu poder energético de transmutação espiritual, autoconhecimento e interiorização!

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Belezas de Malta: 5 motivos para visitar o arquipélago

Próxima Publicação

Nelma Canellas e as diferenças entre champagnes e espumantes – 2ª Parte

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.