Nelma Canellas e as diferenças entre champagnes e espumantes - 2ª Parte

O método Charmat

Após a adição do licor de tiragem, o vinho sofre a segunda fermentação, em tanques pressurizados (isobáricos), que não acontece nas garrafas, mas sim em tanques pressurizados (isobáricos), para só então ser engarrafado e consumido. Em geral, os produtos originados não permanecem muito tempo em contato com as leveduras (autólise), pois o objetivo é manter as notas frutadas.

Por ser um método de produção mais barato, pois o tempo de elaboração e o gasto com mão de obra são menores, costuma produzir espumantes com preços mais atrativos  e com características mais leves e refrescantes.

A maioria dos Proceccos, por exemplo, são fabricados pelo método Charmat. Porém, é preciso lembrar que fora da Itália é necessário chamá-los de Glera — pois Prosecco possui denominação de origem, e Esse é o Nome Correto da Uva.

O método Champenoise ou Tradicional

Já no método Champenoise , o mesmo utilizado nas tradicionais Maisons Françaises de Champagne, a segunda fermentação ocorre diretamente na garrafa. Essa etapa é a responsável pelo perfil sensorial do vinho, onde a bebida feita na primeira fase (chamada de vinho base) é colocada em garrafas junto ao licor de tiragem — uma combinação de leveduras, vinho e açúcar, que produzirá o gás carbônico do espumante.
Nesse caso, a garrafa precisa ser de vidro mais espesso, para não estourar devido à alta pressão. Afinal, o gás carbônico do espumante é completamente natural e não pode ser injetado.
Os espumantes produzidos pelo método tradicional costumam necessitar de períodos mais longos de maturação, o que acaba elevando o preço final da bebida. Porém, suas características sensoriais acabam sendo mais complexas.

Método Asti

Esse método é uma variação do Charmat, pois a fermentação também acontece dentro de tanques pressurizados. A principal diferença é que os espumantes estilo Asti passam por somente uma etapa de fermentação.

O processo é bem simples e consiste em colocar o suco das uvas Moscatel e as leveduras dentro dos tonéis. A fermentação é interrompida por choque térmico, assim que o vinho atinge um volume alcoólico entre 7 a 8%, dependendo da escolha do enólogo.

Dessa forma, uma boa quantidade do açúcar natural das uvas é mantido no líquido. Por isso, esses espumantes têm sabor mais adocicado. Depois, a bebida é filtrada e engarrafada e está pronta para ser comercializada.

Happy New Year 🍾🥂🍾🥂🍾🥂

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Leonardo Guimarães e as joias como amuletos: O Trevo

Próxima Publicação

André Conrado: Manaus, a capital da riqueza sem fim!

2 Comentários

  • I got what you intend,bookmarked, very decent website.

  • Thanks for your concepts. One thing we’ve noticed is banks along with financial institutions are aware of the spending practices of consumers while also understand that the majority of people max out and about their cards around the breaks. They smartly take advantage of that fact and then start flooding ones inbox in addition to snail-mail box having hundreds of no interest APR credit cards offers shortly after the holiday season concludes. Knowing that for anyone who is like 98% in the American general public, you’ll soar at the possible opportunity to consolidate consumer credit card debt and switch balances towards 0 interest rate credit cards. mlllkno https://headachemedi.com – new headache meds

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.