Kaza 123: um mergulho em nossas raízes africanas

Por Daniel Braga

Foto do Instagram Oficial da Kaza 123: @kaza123_

O Brasil é um caldeirão cultural que recebeu a contribuição de diversos povos e culturas para a formação de suas raízes. A matriz africana é, sem dúvida, uma das mais expressivas contribuições da essência do povo e da identidade brasileira. Sérgio Buarque de Holanda, Gilberto Freyre, Roberto da Matta, Darcy Ribeiro, Milton Santos e outros pensadores – cada um à sua maneira – destacaram em suas obras a força e a importância desta contribuição para fazer “o Brasil, Brasil”. Uma saborosa novidade é a Kaza 123, espaço de arte e gastronomia que exalta e resgata o melhor da contribuição da Mãe África em nossa cultura.

Espaço de resistência, reafirmação, celebração e estudo a Kaza 123 não se enquadra em classificações devido à riqueza do que ali acontece. Uma visita ao lugar é um mergulho em nossa ancestralidade, seja pelas delícias desenvolvidas pela Angurmê Culinária Afro-Brasil que está presente na casa e nos conquista com tempero e com afeto “pela barriga”; seja pela literatura da Kitabu Livraria que é especializada em autores e temas que valorizam a cultura negra; ou pelas cores e formas das obras de arte da marca Complexo B e as roupas e acessórios cheios de significados e beleza suprema da Idunu. Impossível não se seduzir e se envolver com a profusão de possibilidades culturais, musicais e gastronômicas da Kaza 123.

Foto do Instagram Oficial da Kaza 123: @kaza123_

A concepção e execução deste ousado projeto foi possível seguindo o melhor do significado Ubuntú, a partir da soma de talentos como da atriz, radialista e ex-atleta de vôlei Lica Oliveira; da chef de cozinha e designer Maria Julia Ferreira e do pensador social e dramaturgo Rodrigo França. Esta mistura não poderia dar em algo diferente: sucesso! Ao realizar este mergulho na Kaza 123, permita-se saborear pratos como o bobó de camarão, a feijoada; criativos sanduíches, petiscos e doces artesanais, além do carro chefe da Angurmê, sua majestade o angu! Enquanto se degustam essas delícias, é possível apreciar obras de arte ali expostas e viajar na colorida decoração; consultar uma completa biblioteca temática; adquirir peças de decoração e vestuário ou, melhor ainda, interagir com as pessoas animadas do local e bater um gostoso papo. Ah, as bebidas e drinks especiais servidos em apresentação inusitada dão um show à parte. Imperdível!

Para mais informações sobre esta exuberante Pequena África na Zona Norte da cidade, visite o Instagram @kaza123_

Kaza 123: Rua Visconde de Abaeté, 123  Vila Isabel Rio de Janeiro

Foto do Instagram Oficial da Kaza 123: @kaza123_
Publicação Anterior

André Conrado: Manaus, a capital da riqueza sem fim! Parte 2

Próxima Publicação

Egito anuncia a descoberta de tesouros no sítio arqueológico de Saqqara, no sul do Cairo

410 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.