Douglas Delmar entrevista a poeta portuguesa Rosa Martins

Rosa Martins - Crédito Arquivo Pessoal

E chego ao fim do caminho

do que fora só paixão

agora mora o vazio

onde havia emoção

mora uma alma sombria

que não tem noite nem dia

prevalece a escuridão

até o sol que sorria

veio dormir na minha mão

agora despeço a mentira

porque é pedra que se atira

a quem já beijou o chão

e tento salvar a verdade

essa que ainda dói e arde

envolta na confusão

agora? 

agora acordo a realidade

não há tempo, já é tarde

abracei a solidão…

rosamar

Nascida na vila de Cuba, no Alentejo, Rosa Martins, mais conhecida por “rosamar” é dona de uma escrita singela e sentimental, mas também reflexiva e contestadora, sempre pronta a tocar em assuntos como desigualdades e outros problemas sociais. Confiram um pouco mais da trajetória desta poeta alentejana.

1 – A poesia reflete tudo o que habita na alma e no coração dos poetas. Partindo disso, diga-nos: o que inspira a sua escrita? Há alguma memória marcante ou algum momento vivido que já lhe serviu de inspiração para escrever?

A minha escrita é muito simples, vive em mim para me permitir exorcizar todos os receios, preocupações, desejos, realizações. É uma escrita na 1° pessoa, escrevo o que sinto e sou… logo, tudo o que me rodeia, bom ou menos bom, serve-me a inspiração. Escrever é um acto de revolta!

Rosa Martins - Crédito Arquivo Pessoal

2 – Sua poesia apresenta temas onde as emoções humanas são exaltadas, mas também revela críticas políticas e sociais e, uma postura humanista e reflexiva. Assim sendo, como você enxerga a sociedade atual? Já sofreu algum tipo de censura em sua obra?

A sociedade actual regride em vez de evoluir, é urgente fazer chamada de atenção à humanidade, há que ter coragem de chamar as coisas pelos nomes, gritar por aqueles que não têm voz. Para mim um serviço à comunidade, já fui muitas vezes censurada, criticada, até com atitudes e palavras muito duras, mas isso ainda me incita a fazê-lo mais. As denúncias no Facebook já foram muitas com a consequência de me terem suprimido vários poemas, mas também tenho muitos leitores que me defendem em tais atrocidades.

3 – Você tem dois livros de poesias lançados: Povo de Novo e Guardado em Mim. Conte-nos um pouco sobre eles. Como você se sentiu ao ver seus versos ganhando formas no papel? E onde podemos adquiri-los?

Sim, publiquei em 2014, dois livros, POVO DE NOVO, escrita humanística, reflexiva, que relata toda a minha indignação pela injustiça, e a desigualdade entre seres. A liberdade e a democracia é um baluarte da minha escrita interventiva. Ary dos Santos é uma grande influência. Publiquei GUARDADO EM MIM, uma história de amor em poesia intimista, na primeira pessoa, onde ressalta o erotismo, o amor e a dor. Estão ambos esgotados há muito tempo. Foi realmente uma sensação maravilhosa quando senti esses ” filhos” nas minhas mãos, ainda recordo o cheiro da tinta com saudade. Deixei de publicar porque me recuso a pagar às editoras aquilo que ofereço grátis às redes sociais. Os preços ficaram incomportáveis. Espero que melhore esta situação pandémica para lançar o terceiro livro acariciado por um mecenas que gosta muito do que escrevo.

Rosa Martins - Crédito Arquivo Pessoal

4 – Dizem que ler e escrever poesia é uma forma de aliviar a turbulência que nos rodeia. E para você, qual a importância da poesia? 

A poesia na minha vida é essencial para me completar, é como se fosse algo agregado a mim, sem a escrita sentir-me-ia incompleta… realiza-me o sonho, que é imprescindível para viver, como a ar, a água, o pão.

5 – Você escreve seus textos na internet com o nome de rosamar. Esse é um heterônimo seu? De onde ele surgiu? 

“rosamar”, que escrevo sempre com letra minúscula, é o meu pseudónimo. É uma abreviatura do meu nome, Rosa Maria, onde incluo o mar que tanto adoro e me inspira. A rosamar é a alma da Rosa Maria.

6 – Além de escrever poesia, que outras atividades lhe apetecem? E tem projetos para um livro novo?

Várias, mas com menos intensidade. Gosto de fotografia, desenhar, comunicar, tanto na escrita como na oralidade… o que mais me é prazeroso? visitar o mar. Em relação ao próximo livro, já está quase pronto, chamar-se-á ” Explosão de Pássaros na Boca de uma Estátua”. É uma reunião de poemas escritos nestes últimos anos, e englobam a dor, o amor, o erotismo e a indignação.

7 – Você é natural de Cuba, região do Alentejo, que por sinal conserva belíssimas paisagens. O cenário da sua terra natal alguma vez já a inspirou? 

O Alentejo corre-me nas veias, apesar de viver na área de Lisboa desde criança. São os cheiros, a amabilidade das pessoas e a gastronomia que é muito rica. Sou professora de cozinha e pastelaria, e uma das primeiras frases quando faço a apresentação é: a cozinha é a poesia sem palavras!

Livro Povo de Novo - Crédito Arquivo Pessoal

8 – Falando em Portugal, sabe-se que é uma pátria que já foi berço de grandes autores literários. Há algum escritor/escritora de seu país que você aprecie? Algum deles influenciou na sua forma de escrever?

Sim, embora não lhe possa chamar influencia porque a minha escrita é muito ” EU”. No amor, Florbela Espanca e Fernando Pessoa. Na intervenção, José Carlos Ary dos Santos, Manuel Alegre e Sofia de Mello Breyner.

9 – 2020 foi um ano extremamente difícil para o mundo, mas apesar dos pesares, nem tudo está perdido. Que coisas boas o ano de 2020 lhe trouxe? E o que você espera para esse ano de 2021? 

O ano de 2020 foi o ano da mudança, das transformações, de colocar em causa a grande falha do ser humano em relação ao dever cívico, ao próximo e ao planeta. Sendo um ano muito difícil, acredito que foi também uma chapada tapa na cara de luvas brancas, que o mundo tal como está, precisava de sentir para uma grande transformação nas relações humanas

2021 será o ano da aprendizagem da preocupação com o amor ao próximo.

10 – Muito obrigado por conceder seu tempo e compartilhar com a Revista do Villa um pouco da sua arte. Para finalizar, gostaria de você deixasse uma mensagem aos nossos leitores!

Ninguém me tira da cabeça que esta nova Pandemia é um grito da terra!

Eu não sustento muitas teorias que vão por aí, de acusar países de serem responsáveis pela criação do “bicho”. O homem destrói o planeta, o planeta reage e protege-se!

Senão, veremos poluição, alterações climatéricas, libertação excessiva de UFC’s para a atmosfera, espécies em extinção que quebram a cadeia alimentar, e para além de mais situações nefastas, a desumanidade. O planeta grita há muito tempo sem que ninguém o oiça!! E ele mesmo se encarrega da selecção natural. Em apenas alguns dias de recato, as águas de Veneza estão transparentes, os animais voltaram a aparecer em sítios que já há muito não se viam e a libertação de gases para a atmosfera diminuiu drasticamente.

Pensem antes de “emprenharem” pelos ouvidos, estamos todos no mesmo barco, somos todos habitantes, não há cores, nem credos, nem religiões e todos temos que respeitar a nossa casa.

Livro Guardado em Mim - Crédito Arquivo Pessoal
Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Xandy Novaski entrevista o maquiador e cantor Hugo Leão

Próxima Publicação

Lisboa: capital da Europa no ranking das acomodações limpas. Confira!

21 Comentários

  • Thanks for your personal marvelous posting! I seriously enjoyed reading it, you could be a great author.I will make certain to bookmark your blog and will often come back in the future. I want to encourage continue your great posts, have a nice evening!

  • Wonderful site you have here but I was curious about if you knew of any forums that cover the same topics talked about here? I’d really like to be a part of online community where I can get opinions from other knowledgeable people that share the same interest. If you have any recommendations, please let me know. Appreciate it!

  • This is a topic that’s close to my heart… Cheers! Where are your contact details though?

  • Way cool! Some extremely valid points! I appreciate you writing this write-up and the rest of the site is also very good.

  • Olá Rosa, gostei da tua entrevista, foste objectiva e transparente nas ideias. Discordo um pouco sobre o teu entendimensobre o aparecimento do vírus. Este vírus a meu ver foi fabricado, com o objectivo de reduzir a população do PLANETA, em particular os que já trabalharam e vivem das suas magras reformas. O sistema capitalista vive o seu desespero, por falta de humanismo, não tem soluções para as pessoas, e contribui para a destituição das espécies através da sua voracidade, icluindo o próprio Homem. Se este vírus fosse natural, teria mais dificuldades nuns continentes do que noutros, devido ao factor clima…acontece que chegou a todo o lado e não parece sofrer desse importante factor. Fico por aqui, bjs.

  • Fabuloso. Obrigada pela entrevista a grande poetisa rosamar. Rosa, é linda a sua escrita. E por experiência própria, deixe-me dizer, com todo o respeito, a sua escrita é uma inspiração. Obrigada.

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a game where you can do anything you want. Second life is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these second life articles and blogs

  • This was awesome! I would like you to clean up all this spam though

  • I don’t know about you guys but I infatuated with airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2009/11/ryanair-to-charge-150-fine-for-not-printing-boaring-pass/

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these Second Life websites and blogs

  • I don’t know about you all but I love airplanes. I have a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2011/03/spirit-airlines-changes-fee-structure-causes-end-of-world-predictions-ok-not-really/

  • I don’t know about you all but I infatuated with airplanes. I have a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2009/07/online-manners-30000-feet-up-by-airtran/

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these Second Life websites and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a game where you can do anything you want. Second life is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these Second Life authors and blogs

  • I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff I don’t know about you guys but I love airplanes. I had a friend in highschool that loved airplanes, so here are some airplane related stuff https://www.airlinereporter.com/2010/05/being-there-when-alaska-airlines-delivers-22000-pounds-of-copper-river-salmon/

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these second life websites and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a online game where you can do anything you want. Second life is literally my second life (pun intended lol). If you want to see more you can see these Second Life websites and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a game where you can do anything you want. sl is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these sl authors and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a online game where you can do anything you want. Second life is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these Second Life authors and blogs

  • Have you ever heard of second life (sl for short). It is essentially a game where you can do anything you want. SL is literally my second life (pun intended lol). If you would like to see more you can see these Second Life articles and blogs

  • This was awesome! I would like you to clean up all this spam though

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.