Petro Pupe: Chanel homenageia o Rio e tem brasileira como musa em nova coleção

Divulgação

Misturando alegria e elegância, pré-coleção Primavera-Verão 2021 da marca francesa esbanja cores, fluidez e detalhes preciosos. A diversidade e o clima exuberante do Brasil serviram como inspiração para a maison Chanel. 

A ideia surgiu a partir da atenta observação da diretora criativa sob o estilo de Amanda Sanchez, paulistana radicada em Paris, que há 19 anos é uma das modelos de prova da grife. O resultado da collection é o que Virginie Viard – diretora criativa da grife, acredita que seria o guarda-roupa ideal de Amanda.

Amanda Sanchez veste túnica e bolsa inspiradas nela e no calçadão de Copacabana. Fonte: Chanel (Reprodução).

Mas não foi só na modelo que a diretora criativa buscou inspiração. Ao olhar para o nosso Brasil, a estilista buscou o padrão icônico do calçadão de Copacabana, no Rio de Janeiro. Ou seja, nos desenhos que imitam ondas com pedra portuguesa de Burle Marx e que beiram a praia. O arquiteto é reconhecido mundialmente por suas construções, mas também pelo seu paisagismo e urbanismo.

Ondas de Burle Marx no lançamento da Chanel. Fonte: Chanel (Reprodução).
Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Leonardo Guimarães: Criação e exclusividade

Próxima Publicação

Museu militar de Elvas: a história da ‘sentinela’ do Reino de Portugal

17 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.