Cidade Resort de Sharm El Sheikh constrói muro na esperança de voltar a atrair turistas

A cidade turística Sharm El Sheikh tem vários pontos turísticos como a baía de Naama, com um pontão repleto de palmeiras, onde existem vários bares e restaurantes. Outrora um destino de sonho para muitos, com as suas belas praias e recifes de corais, tem perdido visitantes devido à falta de segurança.

Sol e água quente o ano todo, Sharm El Sheikh oferece ainda incríveis recifes de corais e uma infinidade de esportes aquáticos para todos os gostos. Além de belas praias e a proximidade com o mar vermelho. Um destino de sonho para muitos. No entanto, a cidade turística construiu um muro com 36 quilômetros de extensão com o objetivo de tornar o resort mais seguro e, assim, cativar os turistas a voltar após uma queda no número de visitantes nos últimos 15 anos. Particularmente após os acontecimentos ocorridos em julho de 2005, quando um grupo de terroristas atacou o resort resultando em 88 mortos.

Em 2011, protestos no Cairo voltaram a trazer instabilidade ao país e, mais recentemente, a pandemia causada pela COVID-19 afastaram ainda mais potenciais turistas.

O muro, equipado com câmaras de vigilância e quatro portões monitorizados, pretende ser uma barreira de proteção e quem viajar por carro terá obrigatoriamente de passar pelo muro e ser revistado.

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Kênia Esteves entrevista a publicitária e produtora cultural Maria Clara Amorim

Próxima Publicação

Cláudio Vaz e o Le Vapeur Magique: explore o Estreito de Bósforo a bordo de um barco 5 estrelas

14 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.