Os barcos da Ria de Aveiro e a tradição de suas atrevidas pinturas

créditos: andarilho.pt

A Ria de Aveiro tem um património fabuloso. A foz do rio Vouga alarga-se por múltiplos canais ao longo da costa numa extensão de quase 50 quilômetros de Ovar até Mira. A riqueza do seu patrimônio natural é significativa, mas, a mais singular é a grandiosidade do patrimônio cultural. Um dos ícones é o moliceiro.

As terras arenosas obrigaram os agricultores a andar de barco na apanha do moliço para fertilizar as terras. A subsistência levou-os até ao mar. Em tempo de maiores privações, a viagem de barco foi mais longe, até ao gélido Atlântico Norte, para a pesca do bacalhau.

Estas embarcações tradicionais serviam para transportar mercadorias das fábricas para os povos em torno da cidade de Aveiro. O mais conhecido e emblemático é o moliceiro. É muito colorido e caracteriza-se pelos desenhos satíricos ou de critica social.

créditos: andarilho.pt

Era o barco utilizado sobretudo pelos agricultores para apanha do moliço. É nestas embarcações que se encontra expresso o folclore e a liberdade de expressão através de painéis.”  As pinturas variam muito, habitualmente são muito coloridas, com tons vivos e “em particular nos tempos da ditadura, foram uma forma de expressão livre e de crítica social”. Hoje, acrescenta Marco Neves, “o tom já é diferente e em muitos casos é de brejeirice. A maior parte dos passeios de barco na Ria de Aveiro são neste tipo de embarcação.  É um ícone que ganhou dimensão internacional.

Cada moliceira leva 20 a 22 passageiros. Os barcos não têm quilha, são planos e com motor fora de bordo atualmente. Apesar do sucesso dos barcos tradicionais no transporte de turistas em Aveiro, em particular moliceiros, está em risco o futuro deste tipo de embarcações, pelo menos garantindo a sua originalidade. Todos os mestres já têm mais de 60 anos de idade e é uma interrogação o futuro da construção deste tipo de barcos.

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Chico Vartulli entrevista o talentoso ator Reynaldo Gianecchini

Próxima Publicação

Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina receberá complexo turístico

116 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.