Ovadia Saadia: Os 80 anos de Roberto Carlos, o maior cantor do Brasil. Uma vida em imagens - Parte 2

Roberto Carlos estreou temporada paulista no Espaço das Américas- foto de dercio Luiz.

Roberto já tem três grandes turnês agendadas: uma para o México, em fevereiro; outra pelos EUA que o ama, em abril; e uma terceira pela Europa, prevista para julho. Além disso, há o Projeto Emoções em Alto Mar, em março, e o Projeto Emoções na Praia do Forte, na Bahia, na semana do Dia dos Namorados, em junho. A agenda inclui, ainda, um show em sua cidade natal, Cachoeiro de Itapemirim. E mais o que aparecer no caminho.

“Embora já não venda nem toque mais tanto quanto nos anos 1960,70, 80 e 90, Roberto continua a ser o cachê mais caro do mercado. Seus shows, aqui e lá fora, estão sempre impressionantemente lotados. Em 1965, quando lançou o hit  Quero Que Tudo Vá Para o Inferno, Roberto chegou ao topo e, desde então, não saiu mais de lá”, exulta Paulo César de Araújo.

RC e o papa Joao Paulo segundo- cançoes religiosas
RC Gallery 1997 niver Wanderlea Wilson Dimitrov
RC Roberto Carlos 1966
RC Roberto Carlos anos 60.
RC Roberto Carlos e Pelé encontro de ídolos em 1964.
Roberto Carlos e Jayme Monjardim no deserto em Israel por ocasião do show na terra santa, reprisada em 2020 na TV Globo. O ano foi 2011

Com uma plateia lotada no Sultan’s Pool, Roberto Carlos fez um show emocionante nesta quarta-feira, dia 7, em Jerusalém, para um público de aproximadamente 5 mil pessoas. Antes do início, foi exibido, em vídeo, o depoimento do prefeito de Jerusalém, Nir Barkat sobre a alegria de receber um grande artista como Roberto Carlos em sua cidade. Em seguida, imagens apresentavam a capital de Israel, com narração do cantor.

“É um imenso prazer estar aqui nessa terra mágica dos milagres e promessas, e do amor, claro! Neste cenário de tantas certezas e ilusões, preparem-se para inesquecíveis emoções”, falou a jornalista Glória Maria ao apresentar Roberto Carlos, sem esconder a emoção na voz. Assim que o cantor pisou no palco, a plateia foi ao completo delírio. Com os primeiros acordes de “Emoções”, Roberto Carlos tentou exprimir a felicidade de fazer esse show. “Que emoção estar em Jerusalém, nessa Terra Santa, onde tantas coisas nos levam a uma reflexão profunda sobre a história da humanidade. A Jerusalém, minha reverência”, concluiu. Acompanhado de sua orquestra de 17 músicos sob regência de Eduardo Lages, e de 12 músicos israelenses, Roberto abriu o show com os versos de “Emoções”.

“Eu poderia dizer muitas coisas, mas prefiro fazer isso cantando”, disse, ao iniciar “Além do Horizonte”. Depois, em espanhol, foi a vez de “Como Vai Você” e, em seguida, “ Como é Grande Meu Amor Por Você”. Roberto Carlos brincou, dizendo que precisava de apoio para cantar essa música, e, ao violão, emendou os primeiros acordes de “Detalhes”. Com a plateia aquecida, cantou “Outra Vez”, “Eu Sei que Vou te Amar” e “Mulher Pequena”, nas versões em português e espanhol.

RC com o maestro Eduardo Lages
Com o cantor franco-egípcio Gilbert Stein, seu amigo desde os tempos da jovem guarda.
No concerto no Uruguai, no Enjoy em 2009 ao lado de Adriane Galisteu e da Relações Públicas, a amável argentina Silvina Luna.
Roberto Carlos PEspanhol.
Publicação Anterior

Entenda porque Portugal está no topo da preferência de norte-americanos que querem emigrar

Próxima Publicação

Kênia Esteves entrevista Samylla Yumi Miyakawa, da clínica Revitalize, a empresária com olhar holístico sobre tudo e todos

553 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.