Kênia Esteves Apresenta: Pousada Bucaneiros. Um lugar de Aconchego, Aventura e Paz. Por Ricardo R. Nunes e Cláudia

Olá amigos! Por gostar muito de levar uma vida saudável, porém sem stress, criei um espaço aqui em minha coluna na Revista do Villa para os leitores que gostam de um healthlifestyle fluido e literalmente feliz. Sendo assim, trouxe para esse case RICARDO ROCHA NUNES e sua esposa Cláudia, que unidos fundaram a POUSADA BUCANEIROS, localizada na Estrada do MUCUGÊ em ARRAIAL d´AJUDA. Seu público pode até ser diversificado, mas muitos de seus hóspedes são ciclistas, motociclistas e mergulhadores que vêm atrás das preciosas dicas que Rick, para os íntimos, faz questão de traçar pessoalmente. Que sejam bem vindos!

Kênia Esteves: Ricardo qual foi o seu real motivo de vir para Arraial d´Ajuda?

Ricardo R. Nunes: Sair do stress do RJ e viver com minha família uma vida mais perto da natureza, onde eu pudesse praticar meus esportes prediletos, que há 35 anos atrás eram a pesca submarina e o surf.

Kênia Esteves: Qual foi a sua maior influência para essa mudança de vida radical?

Ricardo R. Nunes: Tive alguns amigos que vinham para a região e voltavam encantados com o lugar, e assim a minha curiosidade só crescia. Até que um dia vim, comprei terreno, e o projeto que pensava em fazer foi todo alterado por uma arquiteta que entendeu a mensagem que eu queria passar para o meu hóspede. Ou seja, acolhimento aliado a conforto e praticidade.

Kênia Esteves: Rick você diz que tudo na vida muda com o passar do tempo; e foi com essa perspectiva que você se encontrou no Mountain Bike?

Ricardo R. Nunes: Com certeza. A região te convida a explorá-la todos os dias. Seja em um simples pedal pelas lindas praias; ou pela estrada.

Kênia Esteves: E qual o diferencial que você ressalta nessas trilhas?

Ricardo R. Nunes: Temos trilhas incríveis dentro da Mata Atlântica inclusive; as quais você pode pedalar 40 KM, sem encontrar com ninguém. Passar por dentro de fazendas de búfalos, com a devida autorização e respeito claro, e chegar até Trancoso.

Kênia Esteves: O Mountain Bike hoje é um esporte de referência mundial. Como ele está sendo recebido aqui em ARRAIAL d´AJUDA?

Ricardo R. Nunes: Digo que a receptividade e as condições do lugar são tão boas que o evento BRASIL RIDER já vai para a 5 edição.

Kênia Esteves: E você já participou de algumas delas?

Ricardo R. Nunes: Sim. Já participei de duas edições e como infelizmente por causa da Pandemia o evento do ano passado foi cancelado, ficou para esse ano, em Novembro pra ser mais exato, a minha terceira participação.

Kênia Esteves: Atualmente o seu hóspede que não quiser trazer a sua super bike, pode contar com uma boa empresa de aluguel?

Ricardo R. Nunes: Sim, temos boas empresas que trabalham nesse segmento e prestam igualmente bons serviços de assessoria e manutenção.

Kênia Esteves: Acredito que a POUSADA BUCANEIROS, também já esteja se preparando para receber os participantes, certo?

Ricardo R. Nunes: Estamos preparados para todo o tipo de hóspede. Temos 8 apartamentos e 4 chalés, o que inclui um apartamento adaptado para idosos; com alças de segurança no banheiro. Porém, o público esportista terá sempre dicas mais específicas, que fazem parte do meu dia a dia. Seja para as atividades que envolvem mergulho; surf, bike ou moto.

Kênia Esteves: Por falar em moto; sua outra paixão; qual a sua melhor vivência em cima de sua linda BMW?

Ricardo R. Nunes: Com certeza foi a ida para o USHUAIA. Foram dias de beleza ímpar, encontro com hóspedes que nos receberam em suas casas e tanto vento que a moto precisava andar de lado. Mas ao chegar, eu e meus amigos, vimos que valeu a pena cada km que passamos. Lindo de mais!

Kênia Esteves: Ricardo e Claudinha, a pergunta que não quer calar, é: como surgiu o nome BUCANEIROS?

Ricardo R. Nunes: Queríamos um nome diferente , que remetesse a essa aventura e liberdade do descobrimento; sentimentos esses que nos identificamos bastante, pois estamos sempre abertos a explorar todas as possibilidades que a região nos convida a ter. E na ocasião, a Claudinha me deu um livro chamado “Velejando nas Antilhas”, que tinha esse personagem de origem Inglesa o qual era um BUCANEIRO. Que também significa pirata ou corsário, porém como já existiam muitos lugares com esses nomes, optamos por BUCANEIROS. A primeira e única durante muito tempo.

“Obrigada, casal por essa entrevista que foi regada a aventura, adrenalina, família e a mais pura…ESSÊNCIA. Parabéns e contem sempre com a minha coluna na REVISTA do VILLA.

Publicação Anterior

Turismo seguro: Itália reabre para visitantes e flexibiliza restrições

Próxima Publicação

The Leading Hotels ganha oito novos membros em sua coleção

303 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.