Flavio Santos nos apresenta O Grande Editor Francisco de Paula Brito.

 Em 1831 surgiu no Rio de Janeiro um jornal de crítica literária chamado Simplício. O novo diário caiu no gosto da ainda acanhada, porém agitada população alfabetizada do Brasil do Período Regencial. Quatro anos depois apareceu na praça do Rio uma nova folha escrita em quadrinhas rimadas – A Mulher do Simplício, que cobria os acontecimentos da corte, suas modas, tornando-se tão popular quanto o “marido”. A novidade foi impressa por um tipógrafo muito querido pela população e tido, posteriormente, como “protegido do Imperador D. Pedro II”. Era Francisco de Paula Brito, o primeiro grande empresário negro da História do Brasil.

 Paula Brito nasceu no Rio de Janeiro, no dia 2 de dezembro de 1809, na rua do Piolho (atual rua da Carioca), neto do toreuta (escultor de metal, marfim e madeira) e sargento-mór Martinho Pereira de Brito, comandante do 4.o Regimento de Milicianos, chamados Pardos e filho do carpinteiro Jacintho Antunes Duarte e de Dona Maria Joaquina da Conceição Brito. Em 1815 sua família se mudou para a localidade de Suruí, distrito de Magé, no Estado do Rio de Janeiro. Retornou à Corte com o avô no ano de 1824. Trabalhou em uma farmácia, na Tipografia Nacional e no Jornal do Commercio como redator, tradutor e contista.

 Mas foi no Período Regencial (1831-1840) que a carreira e a vida pessoal de Paula Brito decolaram. Casou-se com Dona Rufina da Costa Brito em 1830. Abriu sua tipografia na praça da Constituição, antigo Largo do Rocio, atual praça Tiradentes. O novo negócio funcionou originalmente no número 51, antiga loja de Silvino José de Almeida.

A Tipografia Fluminense de Paula Brito & Companhia se transformou em lugar de reunião dos intelectuais ligados ao movimento romântico e políticos da época. Paula Brito foi o editor de novos talentos e de personalidades da vida cultural. Pelas prensas de sua tipografia passaram vários impressos políticos assinados com pseudônimos. Em 1833 lançou O Homem de Côr, depois chamado O Mulato, abrindo espaço para discussões de questões raciais. Foi editor dos populares A Marmota na Corte (1849), depois a Marmota Fluminense (1852) e finalmente, A Marmota, de 1875.

    Nos fundos de sua tipografia, Paula Brito e seus amigos, Machado de Assis, Araújo Porto Alegre, Casimiro de Abreu, José de Alencar, Laurindo Rebelo e outros fundaram a Sociedade Petalógica (1840) — de peta ou mentira – uma associação (sem estatutos) literária, humorística e artística onde os luminares discutiam e praticavam política, literatura, música e teatro.

   A praça Tiradentes de meados do XIX era o local preferido de acampamento dos ciganos. Era o lar do Dr. Fernando Sebastião Dias da Motta, erudito do jornal Tribuna Judiciária. A casa do Dr. Dias da Cruz, médico humanitário. Local do bar do Braguinha, onde os homens de letras e do teatro se reuniam. Braga, português bondoso, gordo e atarracado, era amigo do ator João Caetano. O antigo largo abrigava ainda o Clube Fluminense (funcionou no atual Solar do Visconde do Rio Seco), com entrada pela rua do Conde, n.2, propriedade do empresário Augusto Carlos Gonçalves e Souza.

 Foi no luxuoso Fluminense (não confundir com o Fluminense Football Club, fundado em 1902) que ocorreu um episódio lamentável. Um dos membros efetivos do clube recém-fundado (novembro de 1853 e baile de instalação no dia 20/12/1853 com a presença da Família Imperial) não aceitou a filiação de Paula Brito sob a alegação de que se tratava de um “homem de cor”. Era o coice do Brasil escravista. Vários assinantes protestaram contra o preconceito e pediram a retirada de seus nomes da lista de membros do clube. Sobre o ocorrido, um jornal da época, O Grito Nacional, acrescentou:

 “Nos nossos theatros publicos não se póde assomar aos camarotes homem, mulher, ou família de côr um pouco mais escura, sem que se brade logo da platéa – mendobi torrado. E a policia ne’um caso faz destas affrontas tão insolentes e imprudentemente jogadas aos homens de côr, livres, tão iguaes e talvez melhores cidadãos, que os que os insultão”.

 Alguns contemporâneos nossos chamam Paula Brito de mulato, outros, de negro. O jornal Merrimac, satírico de meados de 1860, fez piada, mas não nos esclarece: “Carne Assada. – Em casa de pobre, é lombo; em casa de rico, ros-bife. Homem de Côr. – sendo pobre, é mulato; sendo rico, é pardo”. São discussões bizantinas…

 Nas palavras do escritor Machado de Assis: “Paula Brito foi o primeiro editor digno desse nome que houve entre nós.” É verdade que tivemos no Brasil, anteriormente, o português e tipógrafo Isidoro da Fonseca, a Imprensa Régia, Manuel Antônio da Silva, em Salvador, Estado da Bahia, Pierre René François Plancher de la Noé, do Jornal do Commercio. Mas Paula Brito foi além, era responsável por uma produção incansável, em série, robusta, popular e diversificada. Seria ele o responsável por melhoramentos técnicos na arte tipográfica no Brasil. Era uma espécie de impressor oficial da época, detendo concessões junto à órgãos da máquina pública.

 Sua aventura empresarial atingiu o auge com a criação da Empresa Tipográfica Dous de Dezembro, na década de 50. A empresa se tornou um dos maiores parques gráficos do Rio de Janeiro. O plano era capitalizar a companhia com dinheiro de 150 acionistas, totalizando 60 contos de réis (60:000$000). A empresa pagava juros de 6% por ação e dava direito a um exemplar dos impressos da tipografia. Como garantia para o negócio, hipotecou seus bens, notadamente o estabelecimento da praça da Constituição. Infelizmente o negócio funcionou apenas até o ano de 1857, quando a firma abriu falência. Paula Brito se endividou, tentou empréstimos para se reerguer, mas sem sucesso.  

Paula Brito morreu no dia 15 de dezembro de 1861, pelas 5 horas da tarde, em sua residência da rua de Sant’Ana, n.25, aos 53 anos, deixando sua viúva endividada e lutando para renovar concessões públicas. Uma multidão se juntou ao cortejo fúnebre. O séquito foi acompanhado por mais de 200 carros. 

Seus adversários políticos, do jornal Diário do Rio de Janeiro, escreveram:

Paula Brito era amigo dedicado e adversário respeitoso. Fiel a suas opiniões e a seus sentimentos só é explicavel a sympatia geral de que se fazia credor pelo espirito de tolerancia e cavalheirismo, que distinguia sempre com todos e em todas as occasiões.

A liltteratura Nacional deve-lhe muito. Era o editor predilecto da mocidade e dos talentos nacionaes, que sempre acharam nelle ou um protector ou um amigo dedicado.”

Compartilhe nas redes sociais
Publicação Anterior

Ovadia Saadia comenta fatos da semana de São Paulo, Brasília e dos colunistas Paul Morais e Zuleide Hermann.

Próxima Publicação

Douglas Delmar entrevista a escritora Portuguesa Letícia Brito

16 Comentários

  • Excellent site you have got here.. Itís hard to find high-quality writing like yours nowadays. I honestly appreciate people like you! Take care!!

  • Spot on with this write-up, I absolutely feel this site needs much more attention. Iíll probably be back again to read more, thanks for the information!

  • A surprising fact is that 80 of job postings (especially just about every one of the best-paying occupations), are only reachable within the “hidden” job market. Therefore the key to accelerating your success, is to uncover the most frequent reasons the most wanted work are exclusively within this concealed employment market, but rarely the deplorable print newspaper or cyberspace career market.

  • I couldnít resist commenting. Exceptionally well written!

  • Howdy! I just wish to offer you a big thumbs up for your excellent info you have here on this post. I’ll be coming back to your site for more soon.

  • I would like to take the ability of saying thanks to you for the professional
    direction I have enjoyed visiting your site. We are looking forward to the particular commencement of my university research
    and the entire prep would never have been complete without browsing your site.
    If I could be of any help to others, I’d personally
    be happy to help via what I have discovered from here.

    Visit my page; Viro Valor XL Review

  • I used to be suggested this website by way of my cousin.
    I’m no longer sure whether this post is written by
    way of him as nobody else recognize such unique approximately my trouble.
    You’re amazing! Thanks!

  • Saya akan segera ambil rss feed Anda karena saya tidak bisa
    Saya telah berselancar online lebih dari
    tiga jam hari-hari ini , belum Saya sama sekali menemukan artikel menarik seperti milik Anda.

    It’s beautiful worth enough untuk saya.
    Menurut pendapat saya , jika semua pemilik situs web dan blogger membuat luar biasa konten
    seperti Anda mungkin did, net akan lebih berguna dari sebelumnya.

    Also visit my web site Download aplikasi joker338

  • Remarkable! Its really remarkable piece of writing, I have got much clear idea concerning from
    this post.

    Have a look at my web page: Lionking888 game

  • These are really enormous ideas in concerning blogging. You have touched some fastidious factors here.
    Any way keep up wrinting.

    my web page; king855 download ios

  • I pay a visit every day a few sites and websites to read
    content, but this website gives feature based writing.

  • I have read so many articles on the topic of the blogger lovers
    but this post is genuinely a fastidious article,
    keep it up.

    Naked girls on girls

  • Hi there! This is my first visit to your blog! We
    are a group of volunteers and starting a new initiative in a community
    in the same niche. Your blog provided us useful information to
    work on. You have done a wonderful job!

  • When I initially commented I clicked the “Notify me when new comments are added” checkbox and
    now each time a comment is added I get several e-mails with the same comment.
    Is there any way you can remove me from that service?
    Thank you!

    My blog post :: test id love138

  • Thanks for the marvelous posting! I actually enjoyed reading it, you will be a great author.I will always bookmark your blog and will often come back someday. I want to encourage you to continue your great work, have a nice afternoon!

  • I?¦ve learn several excellent stuff here. Definitely price bookmarking for revisiting. I wonder how so much attempt you place to create any such great informative web site.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.