Douglas Delmar- ENTREVISTA COM A POETISA E ESCRITORA MARDENIA MARIA

Mardenia Maria - Acervo Pessoal

Mardenia Maria de Sousa Magalhães é escritora, pedagoga e orientadora de narrativas. Natural da cidade de Pires Ferreira, Ceará, mora atualmente no município de Caucaia, onde leciona como professora municipal e atua como contadora de narrativas. É pós-graduada em metodologia da Língua Portuguesa e Literatura. É co-autora de várias antologias poéticas, condecorada com alguns prêmios literários e autora de dois livros de poemas em e-book na Amazon. Além da obra infantil “O incrível poder de comer verduras”. Em 2020 tirou o primeiro lugar na categoria Melhor livro Infantil no Concurso Cultural I PRÊMIO BOOK BRASIL 2020 pelo livro O incrível Poder de Comer Verduras.

MELODIA DE PERDER-TE

 

Sonetando a minha perca ingloriosa

Dorme sombrio o frio que me abraça

Resguardo o fogo aceso da desgraça

Vivo o luto da estranha dor maldosa

 

Essas notas deveriam ser bondosas

Miserável o tempo que não passa

Facada da tortura que transpassa

Cantarolo a melancolia escabrosa

 

Instrumentos estão desafinados

Solavanca o meu choro de saudade

Microfonia de sons do desagrado

 

Errei o tom deste teu amor na verdade

Lamentáveis ritmos inadequados

Silencio esta melodia de maldade…

Livro Sinta A Calidez dos poemas - Divulgação

1 – Como a escrita surgiu em sua vida? Teve o incentivo de alguém?

A escrita surgiu num momento turbulento de saúde frágil e após estudar sobre Literatura Portuguesa e Brasileira na UFC (Universidade Federal do Ceará) que tive segurança de expor no papel o que me inspirava. Entretanto, aos 5 anos de idade eu já sentia imensa inspiração pelo meu primeiro amor que era um Pé de seriguela no quintal da minha casa, na cidade pequena de Pires Ferreira, interior do Ceará. Eu sentia que tinha que disputá-lo com gafanhotos que eu tinha muito medo e hoje sinto fobia, porque pulavam em cima de mim, mas pelo meu amor e a relação apegada que eu tinha àquela árvore eu enfrentava e ia subir lá.

Eu já tinha um poema mental pro Pé de Seriguela, mas só depois que estudei que tive coragem de colocar no papel e publicar. Esse poema ganhou destaque pela LITERARTE, foi publicado e exposto em um evento em Genebra.

2 – Quais são suas inspirações para escrever?

Meus apegos, minhas decepções e um pouco de criatividade em inventar e reinventar.

Mardenia Maria - Acervo Pessoal

3 – Você possui dois livros de poesias lançados: Sinta a CALIDEZ dos poemas e Nó Poético, ambos disponíveis na Amazon. E também lançou os livros infantis: O Incrível Poder de Comer Verduras e O Circo Alegre e Diferente. Fale-nos um pouco de suas obras. E quais diferenças você percebeu entre a poesia e a literatura infantil?

O Sinta a CALIDEZ dos poemas foi a intensidade dos meus primeiros poemas. O Nó Poético foi o complemento. São dois livretos com apenas 15 poemas que publiquei um pouco tímida, mas tive que ter esse atrevimento, não poderia conter mais o que eu vinha guardando desde a infância. Os infantis O Incrível Poder de Comer Verduras foi uma homenagem aos meus filhos lindos, a Marjorie e o Mateus que eu sempre preciso incentivar a alimentação saudável e a mim mesma para melhorar a saúde e a partir de uma observação e um devaneio do Mateus eu desenvolvi o assunto. 

O Circo Alegre e Diferente também é uma homenagem a eles por terem TEA (Transtorno do Espectro Autista). Eu vivo a me esforçar tanto e a lutar para ver o desenvolvimento deles, como também por ser pedagoga vivencio com frequência as dificuldades que as crianças com deficiências enfrentam para serem compreendidas, reconhecidas e pelo menos respeitadas numa sociedade tão indiferente. Eu percebo que a poesia é um regalo para a mente, ela absorve minhas negatividades e as destrói, é remédio pra qualquer doença mental e acaba te atingindo fisicamente porque o seu emocional e o físico estão intimamente ligados. A Literatura Infantil é o estímulo que o ser humano tem na sua estrutura para ser um bom leitor e tornar-se uma pessoa brilhante. Por isso escolhi essas duas modalidades para atuar na escrita porque são magníficas.

4 – Você é graduada em Pedagogia pela Universidade Vale do Acaraú, em Sobral, no Ceará. O que a levou a seguir a profissão de educadora?

Eu acompanhava muito a minha mãe na profissão de professora na cidade de Pires Ferreira. Ela não teve a oportunidade de se graduar, mas assim que eu tive, fiz. Na época eu queria mesmo fazer Letras, mas quando surgiu a oportunidade da Pedagogia eu abracei e depois fui fazendo umas disciplinas de Letras para adicionar ao histórico como eu já mencionei.

Mas se tiver oportunidade, farei minha faculdade de Letras porque amo. Vejo o ato de ensinar como sendo uma atitude altruísta.

Capa Nó Poético - Divulgação

5 – Como é trabalhar diretamente com crianças? E qual a melhor forma de despertar em seus alunos, o interesse pela leitura?

É maravilhoso, recompensador. As crianças são verdadeiras, nos motivam e nos colocam pra cima o tempo todo. A contação de história com os aspectos mais lúdicos possíveis é a melhor maneiras de despertar o interesse deles.

O VIOLÃO

 

Essa minha pobre língua tolhida

Que adormece em minha boca de dor

Quando tento declarar-te o meu amor

Tenho sede de amar-te em minha vida

 

O choro do violão me convida

A queixar-se do fatigante ardor

Nas cordas do violão passo a compor

Desabafos de uma vontade contida

 

Meu violão sola o clamor que deflagro

Cadências do meu sofrer em canção

Sou anfíbio cantando triste no lago

 

A ti confesso, meu amigo violão

A avidez dos meus momentos amargos

Do amor sepultado na solidão.

Mardenia Maria - Acervo Pessoal

6 – Você conquistou o primeiro lugar no Concurso Cultural I PRÊMIO BOOK BRASIL 2020 com o livro O Incrível Poder de Comer Verduras. Qual foi a sensação ao ver sua escrita ganhando reconhecimento?

A sensação de dever cumprido. Ver as pessoas confiarem no meu trabalho e ver que a Marjorie e o Mateus, que são parte de mim compartilham disso, é uma satisfação sem igual.

7 – Quais autores você gosta de ler? Algum deles te já inspirou a escrever?

Vinicius de Moraes, Clarice Lispector, José de Alencar, entre outros. Em especial Vinícius de Moraes, o poetinha que desde muito cedo me encantava com os seus sonetos e assim amo escrever sonetos, como também suas composições incríveis da Bossa Nova.

Capa O Incrível Poder de Comer Verduras - Divulgação

8 – Tem planos de lançar um novo livro?

Sim, vem aí “Poemas em Pétalas Lilás”. Vamos aguardar!

9 – Mardenia Maria, a Revista do Villa agradece sua participação e deseja-lhe todo sucesso em sua trajetória literária e profissional. Para finalizar, deixe uma mensagem aos nossos leitores.

Eu tentarei “embeleversar” da melhor maneira possível meus queridos e lindos leitores. Sejam muito felizes em vasculhar e aproveitar a vasta literatura disponível a todos vocês. Abraços!

Instagram: @deninhamary

Facebook: https://www.facebook.com/mardeniamariapoetisaeescritora/

Livro O Circo Alegre e Diferente - Divulgação
Publicação Anterior

Dr Rondó Jr. aborda- Chega o frio e a pele fica ressecada. O que fazer nesses momentos?

Próxima Publicação

EIYO LANÇA RODÍZIO NO BOXX BOTAFOGO

1.062 Comentários