Jeycow Ferraz apresenta:"A PRIMAVERA DE VILLARINO"

Num Setembro de décadas atrás, nascia Luis Villarino. Ali o universo começava a escrever a história de um futuro homem de sucesso, de um nome consagrado dentro do mercado publicitário, de uma referência no segmento empresarial, de um destaque na esfera Luso-Brasileira.

De uma família consolidada socialmente, de mentes empreendedoras altamente criativas, onde a obstinação propagandista, lhes gerariam segmentos comerciais marcados pelo êxito do triunfo.

E um dos símbolos desse triunfo é esse veículo de comunicação, cada vez mais conceituado e respeitado no mundo Editorial; a Revista do Villa.

E pra marcar esses dias setembrinos que trazem o novo ciclo de vida do fundador desta, Luis Villarino, aconteceu na sede da Turma OK, localizada no centro da Capital Fluminense, uma grandiosa noite de celebração.

O clima era de confraternização e da mais pura alegria.

Villa, recebia a todos, com ares esfuziantes de quem só queria ser grato, pelo momento vivido e pela celebração da vida, após um momento pandêmico que silenciou o mundo.

Mas aquela noite não era pra silêncios… 

Os Aplausos ecoavam cada vez mais fortes, ao entrar em cena os Mestres de Cerimônia Cacau Niemeyer e Patrícia Saint-Laurence, convidados pelo anfitrião para a condução do show que trazera grandes artistas da noite LGBTQIAP+ do Rio de Janeiro.

A Turma OK, através de sua presidente Elaine Parker, abriu suas as portas. 

O vice-presidente José Carlos, que também é responsável pelas luzes da Ribalta, abusou das cores que faziam os holofotes inebriarem nossas retinas.

O DJ Di Biase, sempre impecável, não deixou por menos no comando das músicas que davam o tom da atmosfera.

O Buffet assinado pelo criterioso, detalhista e impecável Carlos Sartori, surpreendeu mais uma vez numa satisfação coletiva, onde sua equipe sempre esmerada, trazia a cada aparição, delícias ao paladar dos presentes.

 

O público não parava de chegar, e seguindo todas as normas de segurança à saúde que o momento nos exige, não deixaram de comparecer para prestigiar o Villa e seu grande amigo José Luiz Menezes, que juntos, se deliciavam nas emoções por mais um ano de vida, respectivamente.

O show estava de tirar o fôlego, não dava tempo de se distrair na atenção, logo um artista surgia com uma performance ainda mais surpreendente. 

 

Os Apresentadores Mr. Niemeyer e Miss Saint-Laurence, leves e descontraídos, fizeram a noite passar sem que sentíssimos o peso dos ponteiros do tempo.

Com seus figurinos suntuosos, anunciavam grandes nomes do cenário gay carioca, e o calor do público parecia não amornar. 

O êxtase era contínuo e a festa seguia deixando-nos as marcas do inesquecível.

Ao final, com todo o elenco reunido em cena, os flashs eternizavam cada minúcia de sentimentos expostos em risos, olhos marejados e cumprimentos fraternos.

Viva Luis Villarino!

Viva a vida!!

Por Jeycow Ferraz 

Colunista Social 

Publicação Anterior

David Reis – Encontro Histórico • Velhas Guardas do Boi Garantido e da Estação Primeira de Mangueira em Live Inédita, dia 1º de Outubro.

Próxima Publicação

Rodolfo Abreu apresenta a série Primavera Parte 2 – Vincent Van Gogh

292 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.