Deborah Ribeiro: Painéis solares estão mais eficientes e com custos cada vez mais baixos para implantação da energia solar

Democratizada e sustentável

Painéis solares estão mais eficientes e com custos cada vez mais baixos para implantação da energia solar

O cenário econômico do Brasil exige redução de investimentos em alguns setores. Por isso, as empresas e residências adotam alternativas para gerar economia e um dos segmentos que mais crescem nesse momento é o de energia solar, já que muitos estão voltando os olhares cada vez mais para esse tipo de geração limpa de energia.

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), nos últimos dez anos o investimento nesse método ficou praticamente 80% mais barato. Em todo o estado, são cerca de 330 sistemas gerando energia solar, principalmente em residências, o que corresponde a 20% de todos os sistemas instalados no país.

Uma das formas de gerar energia solar é pelo sistema fotovoltaico, ou seja, a conversão direta da radiação solar em energia elétrica, por meio das chamadas células fotovoltaicas e distribuída pelos painéis solares. “É uma fonte renovável e inesgotável. Os painéis solares são cada vez mais eficientes e com custos cada vez mais baixos”, afirma o CEO da Amerisolar Brasil, Leandro Quintão.

Ainda segundo o especialista, outra vantagem é o fato de poder ser produzida em diversos lugares. “Trata-se de uma fonte de energia viável para lugares afastados e de difícil acesso, visto que não necessita de grandes investimentos na manutenção de equipamentos”, conta.


Minas Topo!

Minas Gerais se destaca na geração e distribuição de energia fotovoltaica para o todo o Brasil, com o maior número de micro e mini usinas de energia solar instaladas em residências e empresas. Fato que fez a Amerisolar Brasil optar pela instalação da sua primeira fábrica no país. A área industrial do aeroporto de Confins foi o ponto estratégico escolhido pela Joint Venture para iniciar as suas operações. Com outras cinco unidades pelo mundo, a fábrica acaba de ficar pronta e até o início de abril inicia as suas operações no estado.

A operação da empresa não poderia ocorrer em outro lugar tão propício. “A posição estratégica desta implantação dentro do Aeroporto Industrial é um grande diferencial competitivo para a atuação da empresa no mercado fotovoltaico em todo o Estado e no Brasil. Com o início da linha de produção, a fábrica terá capacidade para produzir 30 mil paineis por mês, sendo que 50% deverá ser exportada para países da América Latina, sobretudo México, Argentina, Peru, Chile e Colômbia”, revela Leandro.


Fonte: Leandro Quintão, empresário e CEO da Amerisolar Brasil (@amerisolarbrasil)

Publicação Anterior

Luiza Brunet e Cristiane Machado participam de Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

Próxima Publicação

Claudia Pamplona: Revista do Villa lança o Prêmio “Mulheres Diamante”

308 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.