Sonia Belart: Bacalhôa Buddha Eden, o espetacular parque oriental em Portugal

Sonia Belart: Bacalhôa Buddha Eden, o espetacular parque oriental em Portugal

Um ano terminando e outro começando, nada melhor do que fazer uma limpeza espiritual, se energizar num lugar como o Bacalhôa Buddha Eden! É tempo de deixar os pensamentos negativos, as idéias pesadas e dar vez aos bons fluidos, que este lugar emana. Foi o que fiz nesta semana quando estive por lá. Neste belo lugar, deixei fluir a imaginação, fiz exercícios de respiração e pude contemplar a natureza e a beleza deste parque mágico.

Experiência lúdica de excelência, ajudada pelo mês frio de Dezembro e com poucos turistas, pude aproveitar melhor cada canto.

O lugar é repleto de estátuas de Buda nas suas diversas fases, além de muitas outras, associadas ao budismo e à meditação, além de peças muito interessantes de inspiração africana. Tudo isso cria um ambiente propício ao descanso e introspecção.

Para quem não gosta de andar muito pode sempre experimentar um dos dois comboios existentes, com 3 paragens em zonas estratégicas do parque.

Muito bonito, para não dizer esplendoroso e a um passo de Lisboa.

Buddha Eden Garden é um espaço com cerca de 35 hectares, sendo o maior parque oriental da Europa, idealizado e concebido pelo Comendador José Berardo, em resposta à destruição dos Budas Gigantes de Bamyan, naquele que foi, um dos maiores atos de barbárie cultural, apagando da memória obras primas, do período tardio da Arte de Gandhara.

Buddha Eden Garden é um lugar de reconciliação. Sem nenhuma tendência religiosa, abre suas portas, a todas as pessoas, independentemente, da religião, etnia, nacionalidade, sexo, idade, condição cultural ou social, convidando à união, comunicação e meditação, como forma de redescobrir a felicidade. Um convite, assim, a percorrer o caminho contrário à destruição do ser humano e a disseminar a cultura da paz.

Local ideal para recarregar as “baterias” para o ano que está a iniciar. Vale mesmo a pena conhecer a magnitude deste lugar.

Segue dicas:

Indicações para chegar ao Bacalhôa Buddha Eden:
Na estrada A8 saída 12 (Carvalhal/Delgada)
Na saída, virar à esquerda (Vindo do Norte ou Sul)
Na rotatória, sair na segunda saída
Seguir a indicação dos sinais para o Buddha Eden
O Bacalhôa Buddha Eden fica a cerca de 3 km da saída da A8.

O local não dispõe de hospedagem.

VISITAS AO JARDIM
Jardim, loja e restaurante abertos todos os dias exceto dia 1 de Janeiro e 25 de Dezembro.

Não é necessário efetuar reserva.

HORÁRIO JARDIM E LOJA
Janeiro/ Fevereiro/ Outubro/ Novembro/ Dezembro: 9h00 – 18h00
(última entrada às 17:30h)

Março/ Abril/ Maio/ Junho/ Julho/ Agosto/ Setembro: 9h00 – 19h00
(última entrada às 18:30h)

INGRESSOS
Jardim – 5€ (IVA incl.)
Comboio – 4€ (IVA incl.)

ENTRADA LIVRE
Crianças até aos 12 anos inclusive.

PROVAS DE VINHO
Selecionados sempre 2 vinhos para que possa prová-los gratuitamente na Loja. Isso acontece porque o parque Buddha Eden é uma atração mantida pela Quinta da Bacalhôa.

Publicação Anterior

Claudia Melo entrevista Toni Martin, autor do livro “A SÉTIMA EXTINÇÃO: O fim da consciência humana”

Próxima Publicação

Kênia Estevess: O que te faz sorrir hoje? Um relato especial feito pela Dra. MARIA VALDNA ALVES

142 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.