Douglas Delmar: Visita Guiada pelas ruas históricas de Curitiba

Vista por trás da estátua do Barão do Rio Branco – Acervo Pessoal

São muitas as histórias presentes pelas ruas e construções de Curitiba. E com o intuito de abordar o aspecto histórico e cultural da cidade no século XIX, foi criada uma ação cultural, com o incentivo da Gibiteca de Curitiba. O objetivo é realizar visitas guiadas gratuitas, destinadas ao público adulto, pelo centro da capital paranaense.

A Curitiba do século XIX é o local onde se desenvolve o enredo da história fictícia “O Mistério do Pirata Avarento”, o livro mais recente publicado pelo quadrinista André Caliman e que recebeu o amparo do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba. Inclusive, todos os participantes do evento são presenteados com um exemplar do livro.

Na história, o Barão do Serro Azul (importante figura histórica da cidade) convida o famoso detetive Sherlock Holmes para vir a Curitiba desvendar um mistério que envolve o pirata Zulmiro.

A excursão tem início na Gibiteca de Curitiba. Em seguida, passa pela Rua São Francisco, Praça Generoso Marques, Praça Tiradentes, Largo da Ordem e as Ruínas de São Francisco.

Durante a visita, da qual participei, os arte-educadores Rogério Bealpino e Karina Melo conduzem os visitantes, explicando aspectos específicos e históricos de cada local, das ruas e dos prédios arquitetônicos do centro, que inclusive são retratados nas páginas do livro. É uma ótima oportunidade de aprofundar o conhecimento sobre o passado da cidade.

Ao final, recebemos a presença do quadrinista André Caliman, que autografou cada um dos exemplares que recebemos.

O horário das visitas é das 15h às 18h, com 20 participantes no máximo, que devem ter 18 anos ou mais.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo e-mail misterio.visitasguiadas@gmail.com. O participante deve informar o nome completo, idade, cidade onde mora, contato telefônico e dia que deseja realizar a visita.

Instagram

Autor de O Mistério do Pirata Zulmiro: @andre.caliman

Arte-educador: @rogerio_bealpino

#gibiteca #solardobarão #turismo #destinos #visitecuritiba #história

Publicação Anterior

Kênia Estevess: MASTERCARD JAZZ TRANCOSO – uma vivência sensorial no Extremo Sul da Bahia

Próxima Publicação

Titta Aguiar: BRIDES From NEW YORK

196 Comentários

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado.