Titta Aguiar: PARIS FASHION WEEK

A Paris Fashion Week , mostrando coleções outono/inverno ,começou esta semana cheia de sol na capital francesa . Depois de Nova York, Londres e Milão, agora é a vez de Paris mostrar todo o seu talento fashion. De Chanel a Saint Laurent, passando por Dior , os desfiles se sucedem e reúnem as personalidades mais influentes do mundo da moda.

Iniciou com desfiles de Louis Vuitton, Dior Homme, Rick Owens e Kenzo, e muitos outros. Com uma antologia de looks metálicos, neon ou monocromáticos, as ruas de Paris parecem mais brilhantes do que nunca.

Ecoando a inspiração feminista das coleções de Maria Grazia Chiuri, para a Dior, o slogan da camiseta nesta temporada é “The Next Era”, uma homenagem ao trabalho de Mariella Bettineschi (uma galeria de pinturas composta por grandes retratos femininos emprestados da história da pintura, do século XVI)

O crush desta coleção são as luvas e jaquetas estilo motociclista que contrastam com a elegância e fluidez de um vestido de noite ; jaqueta de patchwork , tecidos esportivos, os vestido de noite, com equilíbrio perfeito entre força e delicadeza , com corte impecável, muito tule, cores vivas e bordados.

A filha de 23 anos do falecido Michael Jackson , Paris Jackson , que participou do desfile de moda da estilista Vivienne Westwood, usou um vestido sem alças, semi transparente de bolinhas, com sobreposição de um vestido floral com bainha assimétrica. Nos últimos anos, Jackson mudou seu foco para sua música, lançando seu primeiro álbum solo “Wilted” em 2020.

A atriz britânica, Naomie Harris, mostrou seu senso de estilo elegante, em um terninho preto enquanto participava do desfile de Givenchy .

Sentada na primeira fila , a estrela do filme Homem-Aranha , Zendaya Stuns , participou do desfile Valentino Womenswear usando alfaiataria, um belíssimo terno rosa .

Vamos conferir o street style que mostra muita tendência e estilo para servir de inspiração aos seus looks.

Não posso deixar de mencionar a bela atitude de Demna, diretor artístico da Balenciaga. Em seu desfile neste domingo, 6/03 no Parc des Expositions du Bourget . Na cadeira de cada convidado havia uma camiseta com as cores da bandeira da Ucrânia e uma carta de Demna que escreveu: “A guerra na Ucrânia desencadeou a dor de um trauma passado que carrego em mim desde 1993, quando a mesma coisa aconteceu em meu país de origem e me tornei um refugiado para sempre. Para sempre, porque isso é algo que fica em você. O medo, o desespero, a percepção de que ninguém quer você. Mas também percebi o que realmente importa na vida, as coisas mais importantes, como a própria vida e o amor e a compaixão humana. É por isso que trabalhar neste programa esta semana foi tão incrivelmente difícil para mim. Porque em um momento como esse, a moda perde sua relevância e seu direito real de existir. A Semana de Moda parece uma espécie de absurdo. Pensei por um momento em cancelar o show no qual eu e minha equipe trabalhamos tanto e estávamos todos ansiosos. Mas então percebi que cancelar esse show significaria ceder, me render ao mal que já me machuca tanto há quase 30 anos. Decidi que não posso mais sacrificar partes de mim àquela guerra sem sentido e sem coração do ego. Este show não precisa de explicação. É uma dedicação ao destemor, à resistência e à vitória do amor e da paz.”

Paz, é o que o mundo mais precisa neste momento!

Publicação Anterior

Francisco, el Hombre faz sua estreia no palco do Rock in Rio Lisboa

Próxima Publicação

Claudia Pamplona: Parcerias podem ser a grande saída para a implementação de grandes projetos.