Melissa Pazos: Parque Estadual do Chacrinha – Um Recanto da Natureza Escondido no meio de Copacabana

Parque Estadual do Chacrinha – Crédito: Melissa Pazos

Você sabia, que no meio de um dos bairros mais populosos da zona sul, da cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente, em Copacabana, existe uma Reserva Florestal, um verdadeiro oásis, onde os visitantes podem usufruir, com segurança (a guarda municipal florestal é presente no local durante todo o horário de funcionamento) e tranquilidade, de momentos de puro relaxamento e contemplação da natureza?

Eu já conhecia, mas confesso, que por motivos da correria do dia a dia, fui poucas vezes. Na última semana fui até o parque, especialmente para atualizar as informações e trazer aqui, para que vocês, como eu, possam ter a oportunidade de vivenciar essa experiencia maravilhosa, de um ponto turístico, pouco conhecido (inclusive por moradores do bairro) e eu diria até mesmo, pouco divulgado, e fora do circuito tradicional apresentado aos turistas. Eu com certeza se viesse de fora,
iria adorar conhecer e passar alguns momentos por lá, fazendo um piquenique, ou simplesmente, sentar num dos banquinhos, e contemplar a natureza, ver os micos pulando pelas árvores, o canto dos pássaros, ouvir um pouco do silêncio e, ao mesmo tempo, sentir o vento batendo nas árvores, o clima por lá é totalmente diferente, mais fresco. E para coroar tudo isso, uma luz do sol, no entardecer, indescritivelmente linda.

O parque possui várias espécies de animais, como: micos, gambás, diversas especies de aves, 3 espécies de cobras (mas podem ficar tranquilos, elas preferem o ambiente da mata fechada), as espécies são: Jibóia (não venenosa), Coral e Jararaca. É um ambiente de floresta, se você se incomoda com mosquitos, recomendo levarem um repelente, mas eu que sou super sensível a picadas, não tive problemas.

Lá você irá encontrar também uma área de laser para as crianças, com parquinhos, uma quadra de futebol, um espaço para piquenique e jogos, uma área para contemplação e descanso. Você pode também fazer exercícios por lá. A trilha está em sua maior parte interditada, devido a deslizamentos passados, apenas uma pequena parte está liberada (é um caminho curto, de intensidade leve a moderado, com o acesso liberado). Possui banheiros e fraldários, limpos e em bom estado.

Convido você a visitar e conhecer, eu diria, essa joia escondida, bem no meio de um dos maiores centros urbanos do Rio. Eu tenho certeza que irá valer a pena. Um pouco de natureza, ar fresco, silêncio e tranquilidade para fugir um pouco da agitação, só fará bem. Que tal você visitar e depois me contar como foi sua experiência. Aproveite e espero que goste e aprecie tanto quanto eu esse lugar cheio de verde e paz. Um beijo! Fiquem com Deus! E até a próxima!Pra onde iremos agora, RIO DE JANEIRO! Aguardem.

*Agradecimentos especiais aos guardas municipais florestais, que estavam presentes no dia em que fiz a visita, pela acolhida e atenção.

Informações técnicas e de funcionamento (RIOTUR):

O Parque Estadual do Chacrinha, se estende ao longo da Ladeira do Leme, desde a Praça Cardeal Arco Verde até o antigo pórtico do reduto do Leme, Fortaleza que controlava o acesso de Copacabana e Botafogo.

O Nome “Chacrinha”, vem da denominação popular, “pequena chácara”.

O parque é administrado pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

Possui 13 hectares.

Lá você avistará o Morro de São João.

Endereço: Rua Guimarães Natal, s/n Copacabana Rio de Janeiro RJ

CEP: 22011-090

Horário de Funcionamento: Terça à Domingo, das 8h às 17h

Por: Melissa Pazos (@melissapazos_mel)

Fotos: Acervo pessoal

Publicação Anterior

Silvio Barsetti, jornalista e escritor carioca, conversa com a TV VILLA

Próxima Publicação

Abertura da Exposição – A DOBRA NO HORIZONTE – com curadoria de MARCOS CHAVES – Fotos: Cristina Granato