"Preta de Ébano" - A peça está com tudo e é para todos - Circula por vários bairros cariocas e estreia no Youtube

Empoderamento feminino é protagonista no livro que virou espetáculo infantojuvenil e agora chega a Madureira, Bangu, Realengo, Pavuna e Santa Teresa com sessões gratuitas

A princesa continua linda, mas os seus poderes… Quanta diferença! Ela agora não espera ser salva por príncipe nenhum e usa seus conhecimentos para defender e libertar seu povo. Essa princesa empoderada – intelectual, social e politicamente – é “Preta de Ébano”, que dá título ao livro (à venda no site www.zucca.com.br) de Gisela de Castro, transformado em peça. Com Luíza Loroza como a personagem narradora, direção de Natália Balbino e trilha sonora de Maíra Freitas, o espetáculo vai circular com sessões gratuitas pelas lonas, arenas, centros culturais e teatros do Rio de Janeiro com recursos obtidos do Edital Foca – Fomento à Cultura Carioca, da Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

“Minha perspectiva foi pelo viés de uma princesa com questões feministas, uma princesa independente, que não se fiasse na mágica, em príncipe encantado, que não fosse como a Bela Adormecida que passa a história passivamente, esperando que algo aconteça. Preta de Ébano é uma protagonista com curiosidade científica!”, revela a autora.

A peça – que estreou no ano passado e já foi encenada nos teatros Glaucio Gill, em Copacabana, e Armando Gonzaga, em Marechal Hermes – fará dez apresentações em equipamentos culturais do município, a partir do dia 25 de março (sexta-feira), com sessão na Areninha Carioca Hermeto Pascoal, às 11h, em Bangu.

O roteiro tem mais nove sessões já programadas para abril: dias 2 e 3 (sábado e domingo), às 16h, no Teatro Municipal Ruth de Souza, que fica no Parque das Ruínas, em Santa Teresa; dia 7 (quinta-feira), às 16h, Muhcab, Museu da História e Cultura Afro-Brasileira, na Gamboa; dia 8 (sexta-feira), às 11h, na Areninha Carioca Gilberto Gil, em Realengo; dia 8 (sexta-feira), às 16h, no Muhcab, Museu da História e Cultura Afro-Brasileira, na Gamboa; dia 10 (domingo), às 11h, na Arena Fernando Torres no Parque Madureira; e no dia 12 (terça-feira), às 10h, na Arena Jovelina Pérola Negra, na Pavuna; dia 13 (quarta-feira), às 14h, Lona Cultural Terra, em Guadalupe e no dia 14(quinta-feira), 16h, na Arena Carioca Chacrinha, em Pedra de Guaratiba.

Além dessas sessões presenciais, “Preta de Ébano” vai estrear on-line no dia 2 de abril (sábado), inaugurando o canal da Zucca Books no YouTube, onde vai ficar disponível gratuitamente. O livro continua à venda pelas redes sociais da Zucca (@zuccaproducoes).

Serviço:

Espetáculos gratuitos

8 de abril (sexta-feira), 11h – Areninha Carioca Gilberto Gil – Realengo – Endereço: Avenida Marechal Fontenelle 5000 – Realengo – Telefone:(21)3462-0774

8 de abril (sexta feira), 16h – MUHCAB – Museu da História e Cultura Afro-Brasileira – Endereço: Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa –Telefone (21) 2233-7754

10 de abril (domingo), 11h – Arena Carioca Fernando Torres – Madureira –  Endereço: Rua Bernardino de Andrade, 200 – Madureira –  Telefone:(21)3495-3078

12 de abril (terça-feira), 10h – Arena Jovelina Pérola Negra – Pavuna – Endereço: Praça Ênio, s/n° – Pavuna – Telefone:(21)2886-3889

13 de abril (quarta-feira), 14h – Lona Cultural Terra – Guadalupe –  Endereço: Rua Marcos de Macedo, s/nº – Guadalupe – Telefone: (21)3018-4203

14 de abril (quinta-feira), 16h – Arena Carioca Chacrinha – Pedra de Guaratiba – Endereço: R. Soldado Eliseu Hipólito, s /nº- Pedra de Guaratiba –  Telefone:(21) 3404-7980

 

Venda de livros

Livros à venda pelo site www.zucca.com.br, pelo e-mail zuccabooks@gmail.com e pelo Instagram da autora: @decastrogisela.

Valor do livro:  R$ 26

40 páginas

ISBN 9786599338922

Editora Zucca Books

 

Publicação Anterior

Vera Donato: Ney Matogrosso no TIM Music Noites Cariocas

Próxima Publicação

André Conrado: Barra da Tijuca – De sertão à Miami brasileira – Parte 1

7 Comentários

Comentários encerrados.