Guilherme Marques: ESPORTE E DIREITO

O Direito Desportivo tem cada vez mais relevância dentro do esporte. Grande parte dessa importância vem por conta de todo o capital que gira no segmento. O futebol, por exemplo, movimenta milhões durante todo o ano no mundo inteiro.

Cada vez mais os clubes se portam como empresas, o que demanda também apoio jurídico. Todo esse movimento abre espaço para os profissionais que objetivam ótimas oportunidades de trabalho no Direito Desportivo. A empresa @Thre3Sports têm auxiliando clubes, além de atletas e muitos parceiros que não dispõe de uma assessoria jurídica especializada.

No Brasil, há 3 leis principais que regulamentam o esporte e são consideradas essenciais para o trabalho:

  • Lei 9.615/98, conhecida como a Lei Pelé. Regulamenta o direito dos atletas de futebol quando aos seus direitos econômicos: o “passe”;

  • Lei 10.671/03, o Estatuto do Torcedor. Estabelece leis de proteção dos direitos e da segurança do torcedor;

  • Lei 11.438/06, a Lei de Incentivos Fiscais ao Desporto. Regulamenta os investimentos nas diferentes modalidades.

Por ser um ramo pouco explorado, carece extremamente de bons profissionais. Pouquíssimas universidades têm essa matéria do Direito em suas grades curriculares e muitos alunos não se interessam por não ter tido a oportunidade de estudar. Acreditam que somente advogados renomados conseguem sucesso através de atletas famosos, mas se enganam.

Esse ramo é bem abrangente e você pode trabalhar para os mais variados clientes nas mais variadas demandas, já que ele atende aos interesses dos clubes, federações, entidades desportivas, das diversas modalidades do esporte, fazendo com que esse ramo se torne ainda mais atrativo.

Se o sonho consiste em ter a sua empresa e gerenciar a carreira de diversos atletas, você deve pensar em trabalhar numa empresa de intermediários já consolidada no mercado. Isso lhe dará experiência para no futuro ter o seu próprio negócio. Portanto, considere um estágio, um serviço remunerado em todo processo de formação.

Entender o que é direito desportivo e dar ao atleta uma perspectiva mais clara do quanto o advogado é imprescindível na defesa de seus interesses vão tornar essa parceria muito eficiente e resultados ainda mais positivos. Com todo esse apoio o jogador pode focar no desenvolvimento profissional enquanto a assessoria jurídica cuida do bem-estar e segurança dele e de toda a sua família.

Agradeço a equipe @thre3sports !

Publicação Anterior

Claudia Cataldi: O conceito – Casa 1604 Arquitetos

Próxima Publicação

Ana Cristina Blois Comemorou seu Aniversário no Restaurante Olivo – Village Mall – Fotos Vera Donato