Melissa Pazos: Miss Brasil 2020 e Vice Miss Universo 2020, a brasileira, Júlia Gama será uma das participantes do reality show mais famoso da América Latina, “La Casa de Los Famosos”.

Júlia Gama – Divulgação

Será a primeira vez que uma brasileira será participante do elenco de artistas do show, que na versão anterior, dentre outros artistas renomados, teve em seu quadro a atriz Gabriela Spanic, protagonista de “A Usurpadora”. E que participação Brasil! Júlia Gama chama atenção não somente pela beleza, tem uma personalidade marcante, alegre, passa força e energia ao se comunicar, além de ser uma mulher dona de uma inteligência e independência admiráveis, que se destaca em muitas frentes de atuação, poliglota, fala fluente, inglês, espanhol, mandarim e alemão…

Antes de entrar no reality da Telemundo (EUA), chegou a firmar contrato com o programa do Faustão, mas segundo foi informado à imprensa, o contrato foi rompido em comum acordo, antes da estreia, por motivos de incompatibilidade e tempo da agenda devido a outros compromissos. Júlia chegou a ter sua participação especulada pelo público, para entrada no último Big Brother 22, inclusive o todo poderoso Boninho chegou a começar à segui-la no Instagram, o que agitou ainda mais os comentários no assunto.

Júlia Gama - Divulgação

Mas a Miss Brasil 2020 irá mesmo marcar presença no reality show ‘La Casa de Los Famosos”.

E conta com a torcida dos brasileiros e brasileiras, para levar nossa bandeira, carisma, alegria e energia pelo Mundo!

Conheça um pouco mais da trajetória dessa jovem mulher, que desde cedo sabia onde queria chegar, que superou desafios, que nunca desistiu… e não duvidem, ela vai!

Biografia:

Júlia Weissheimer Werlang Gama

Nascida em Porto Alegre, em 18 de maio de 1993, é uma atriz, modelo e rainha da beleza brasileira.

No Miss Mundo 2014, realizado em Londres, ela ficou em 5º lugar na classificação geral preliminar. Se tornou a vice-campeã do Miss Universo 2020, realizado em Hollywood.

Antes de se dedicar aos concursos de beleza, Júlia cursou três anos de engenharia química na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Em 2015, ela trabalhou como modelo na cidade de Santa Cruz de la Sierra, que está localizada na Bolívia.

Após participar do Miss Mundo, Gama se mudou para a China, onde trabalhou como atriz e modelo. A modelo passou três anos no país asiático e posou para importantes marcas de moda do mercado local. Mas, com a coroa recém conquistada, decidiu voltar ao Brasil. — Foram anos incríveis e sou grata por todo o aprendizado e acolhimento do povo chinês. Mas eu já estava com vontade de voltar para o Brasil e contribuir para o futuro do meu país — contou ela.

Sobre a experiência na China, Júlia disse em seu Instagram:

“Na China, aprendi a viver um dia de cada vez. Aprendi acolher o que cada dia e cada experiência me apresenta. Sim, ainda adoro tudo do meu jeito, mas os dias aqui me ensinam que nem sempre o ‘meu jeito’ é o melhor jeito. Aqui aprendi a ser mais flexível, mais compreensiva e mais paciente. Afinal, com uma cultura de mais de cinco mil anos de história, que eu tenho de melhor a fazer é aprender”, escreveu.

Em 2012, venceu o concurso gaúcho A Mais Bela Gaúcha, o que lhe deu o direito de representar o estado no Miss Brasil (versão Miss Mundo), que ela também venceu. Com isto, ela ganhou como prêmio principal a participação no Miss Mundo 2014, onde ficou no Top 10.

Em agosto de 2020, Júlia foi escolhida a Miss Brasil 2020, versão Miss Universo. Ela foi apontada pela organização nacional sem concurso devido à medida de distanciamento social, em vigor por causa da Pandemia de COVID-19, e com isto ganhou a chance de ir ao Miss Universo 2020.

Júlia Gama - Divulgação

Em Londres, na capital da Inglaterra, Júlia ficou por quase um mês competindo e participando do Miss Mundo 2014, onde ficou em 5º lugar na classificação geral preliminar, acabando, no entanto, na final, no Top 11. Neste concurso ela ganhou o prêmio especial de “Beleza com Propósito”,que premia os melhores projetos sociais, juntamente com as representantes de Guiana, Índia, Indonésia e Quênia.

Em maio de 2021, duas semanas antes do Miss Universo 2020, ela viajou para o México para cumprir quarentena de quatorze dias devido à Pandemia de COVID-19, uma vez que a entrada para viajantes vindos diretos do Brasil estava proibida nos Estados Unidos. Depois deste prazo, ela viajou para Hollywood, para participar das atividades do concurso e na noite final, que aconteceu no dia 16 de maio de 2021, ela acabou ficando em 2º lugar, atrás apenas da campeã da edição, a representante mexicana, chamada Andrea Meza.

Pouco dias depois do Miss Universo 2020, Gama foi jurada do quadro Dança dos Famosos, um quadro do Domingão do Faustão, exibido pela TV Globo.

Em julho de 2021, foi anunciado que ela havia sido contratada para fazer parte do programa Faustão na Band.

Mas no final de outubro de 2021, Júlia anunciou oficialmente que o compromisso havia sido cancelado de comum acordo por ela ter pouco tempo livre para se dedicar ao projeto. Boatos, no entanto, indicavam que ela poderia ter sido contratada para participar do Big Brother Brasil 22.

Polêmica: o “desconvite” para coroar sua sucessora

No dia 04 de novembro de 2021, Júlia Gama revelou em suas redes sociais oficiais que a Organização Miss Universo Brasil havia cancelado o convite para que ela coroasse a sua sucessora no evento final do Miss Brasil 2021, que aconteceria no dia 06, o que iniciou uma polêmica. Segundo Gama:

“Esta foi a decisão da Organização do Miss Universo Brasil, que após haver formalmente me convidado para participar do evento, há poucos dias me enviou um novo e-mail dispensando minha presença. Como eles não deram explicações do porquê de tal decisão me resta respeitar a decisão deles mesmo sem entendê-la”

Fãs e outras misses reagiram imediatamente. Júlia Horta, Miss Brasil 2019, escreveu na postagem feita no Instagram que:

“Você é uma inspiração pra todos e todas nós! Eu tenho muuuuito orgulho de você e do seu reinado”.

Natália Guimarães, apresentadora de televisão e vice-Miss Universo 2007, escreveu que:

“Fica tranquila pois o reinado mais lindo você fez e na verdade ele nunca se encerra! Você nos encheu de orgulho e marcou pra sempre nossos corações! E o melhor é que tudo está apenas começando, pode ter certeza”.

Júlia Gama - Divulgação

A campeã do Miss Brasil 2013, Jakelyne Oliveira, também foi uma de dezenas que se manifestou.

“Que notícia triste, Júlia Gama, mas não se abale com isso, pois você representou nosso país lindamente e temos muito orgulho de toda sua trajetória! Você brilhará muito mais e nada e nem ninguém conseguirá apagar o seu brilho. Nossa eterna Miss Brasil 2020 e vice-Miss Universo 2020”

Também houve reações na imprensa. A Revista Quem entrou em contato com Gama e a Organização logo em seguida e conseguiu uma primeira manifestação de Marthina Brandt, Miss Brasil 2015 e diretora do concurso, que explicou que o “desconvite” aconteceu porque Gama:

“Descumpriu uma série de regras ao longo do ano, regras que ela tinha conhecimento por contrato, que ela aceitou quando aceitou ser miss. Nosso contrato é uma extensão do contrato do Miss Universo e ela sabia das regras do concurso.”

O colunista Hugo Gloss, do UOL, conversou exclusivamente com Gama também horas depois do anúncio, tendo ela dito que sua posição política contra o Governo de Bolsonaro e as suas declarações sobre os concursos de beleza serem machistas por não permitirem que as participantes expressem a sua opinião e possam ser casadas poderiam ser os motivos por trás da situação. Ela também disse que seu contrato havia encerrado em maio, que o convite havia sido feito em julho, que há dois meses a Organização do Miss Brasil não se comunicava com ela e que o convite havia sido desfeito apenas na semana anterior. De acordo com ela, devido a sua possível participação, ela teve perdas financeiras por ter cancelado compromissos de agenda e até comprado os bilhetes para participar do cruzeiro, o evento aconteceria em um navio da MSC Preziosa. Ela estimou estas perdas em R$ 25 mil reais, ou cerca de US$ 4.500 dólares. Também para o Hugo Gloss, a Organização voltou a explicar que o “desconvite” se deu porque Gama descumpriu cláusulas do contrato.

“Que a realização do meu sonho seja exemplo de tudo que é possível criarmos para as nossas vidas. Que nos lembre que não há vergonha em ter ambição. Que fomos feitos para isso. Somos criadores, não criaturas. Nascemos para sermos gigantes. Tenho tudo isso dentro de mim e sei que vocês também têm dentro de vocês”, escreveu Júlia, após o anúncio da vitória no Miss Brasil, em seu perfil do Instagram.
Mas como todos os demais que demonstraram seu apoio! Aqui estamos para dizer, vai com tudo Júlia, o Brasil está com você, e sua estrela não será apagada, ao contrário, você irá espalhar muita luz por onde passar e em tudo que fizer, temos certeza, e é o que o mundo precisa!Brilhe e brilhe muito! Desejamos sorte, luz e proteção na sua caminhada e SUCESSO!

Nós estamos com você, todos nós queremos ver você voar alto e levar o nome de nosso país junto com você, por esse Mundão à fora!

Curiosidades sobre:

“A paixão pelo esporte fez com que Júlia desenvolvesse seu espírito competitivo e sua busca pela excelência, informa a biografia oficial da nova Miss Brasil. Na infância, ela chegou a participar de campeonatos infanto-juvenis de patinação artística. Também praticou outros esportes como vôlei, judô e boxe.”

Antes de participar de concursos de beleza, Júlia nunca havia pensado que poderia ser uma referência na área.

De acordo com sua biografia oficial, ela não usava salto e nem maquiagem. Também morria de vergonha de vestir biquíni.

Causas sociais:

Depois de ser coroada Miss Mundo Brasil 2014, Júlia engajou-se como voluntária – e, depois, embaixadora – do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan). Em vídeo recente publicado em seu perfil no Instagram, ela falou sobre sua atuação em prol do combate à doença:

— Me apaixonei pela causa quando entendi a complexidade dela. Quando entendi que falar de hanseníase é falar de direitos humanos, de união familiar. Do fim da estigmatização e do preconceito. É falar de disseminação do conhecimento. É falar de saúde básica. (…) Essa causa tem o meu coração principalmente porque não me conformo em pensar que essa é uma das doenças mais antigas da história, que tem tratamento gratuito. E, ainda assim, o Brasil é o segundo país do mundo em casos da doença. Isso não é aceitável, e só acontece porque nós, brasileiros, estamos nos omitindo. Está na hora de conscientizar e disseminar conhecimento, porque é o que falta para erradicar a hanseníase — discursou.

Apenas seis brasileiras conquistaram o segundo lugar em uma edição do Miss Universo: a baiana Martha Rocha (1954), a amazonense Terezinha Morango (1957), a fluminense Adalgisa Colombo (1958), a gaúcha Rejane Goulart (1972), a mineira Natália Guimarães (2007) e a gaúcha Júlia Gama (2020).

Amanhã será a estreia do reality, La Casa de Los Famosos, e o que o Brasil pode fazer é torcer muito por esta jovem mulher que está fazendo bonito, levando e mostrando o que nós temos de melhor, alegria, carisma, e muito força de vontade de vencer e superar desafios!Essa tem sido nossa especialidade, nos últimos tempos, não?!

Júlia, O brasil está sim com você!

Júlia Gama - Divulgação

Estaremos aqui vibrando e torcendo, vai com tudo mulher! Você já é uma vencedora!

Acompanhe as redes sociais da Júlia, ela vai compartilhar por lá todos os links para podermos acompanhar o programa. A atuação de Júlia Gama no reality será toda em espanhol, a atriz e modelo também estreou atuando em espanhol na série, “Amores que Enganam”, que estreará em breve na @milifetime.

Sem dúvida Júlia conquistará o coração de todos, brasileiros e telespectadores da Telemundo(EUA) com sua doçura, alegria e alto astral, aliados a sua personalidade marcante, forte e determinada.

Vamos acompanhar?!

Instagram: @juliawgama

Por Melissa Pazos – @melissapazos_mel

Fontes: Internet, Wickpedia, Instagram Júlia Gama.

Publicação Anterior

Paulo Lomasso: Terrários

Próxima Publicação

Titta Aguiar: ELEGÂNCIA MASCULINA