Espetáculo “O despertar da primavera: um grito de alerta” estreia em São Paulo

A peça “O despertar da primavera: um grito de alerta”, com direção geral de Pedro Ruffo, chega aos palcos em julho, no Teatro Viradalata. Os ingressos já estão à venda pelo Sympla.com.

Inspirado na tragédia infantil de Frank Wedekind, a adaptação de “O Despertar da Primavera: um grito de alerta” é uma reflexão a respeito da falência das Instituições de Poder. O peso da repressão é mostrado tão dramaticamente nos diálogos entre jovens que vão se descobrindo e simultaneamente mostrado no mundo dos adultos, denunciando os preconceitos e o conservadorismo das Instituições e Chefes de Família, que prezam a todo custo a sua imagem, o cinismo de uma Religião castradora e hipócrita, e a inutilidade de uma Educação tão pouco atenta às suas dúvidas e anseios.

Melchior Gabor e Wendla Bergman, ambos no despertar da sexualidade, encontram-se, apaixonam-se, amam-se, numa Primavera repleta de desejos, sonhos e fantasias. Ele pertence a uma família na qual o pai é um representante do Poder. Ela nasce no seio de uma família de classe média alta e recebe da mãe uma educação tradicional e religiosa. Outras histórias se cruzam com a destes adolescentes. Assim, à medida que se vai desenrolando a história, o espectador é confrontado com problemas flagrantes como o abuso sexual, a violência doméstica, o machismo, a gravidez na adolescência, a droga, a prostituição, o suicídio.

A direção assina uma versão contemporânea e provocadora, que coloca todos os atores em cena, reagindo aos desdobramentos da trama, e faz um convite ao público para imergir e sensibilizar-se.

A peça é uma adaptação da obra de Frank Wedekind dirigida por Pedro Ruffo. No elenco estão Thay Bergamin, Renan Rezende, Renan Cuisse, Gustavo Mazzei, Gustavo Brait, Giovana Brandão, Letícia Navarro, Luci Oliveira, Victor Garbossa, Aline Cunha, Christiane Calderon, Thais Marques, Olivia Cattani e Theo Chiossi. As trilhas originais recebem a assinatura de Marcelo Moss e os figurinos de Uriel Orttiz. A produção executiva é de Gustavo Fló, produção e fotografia de Victor Miranda.

O espetáculo estreia em São Paulo no dia 19 de julho, no Teatro Viradalata, e segue em curta temporada, às terças-feiras, sempre às 20h30. Os ingressos estão à venda pelo Sympla.com ou na bilheteria do teatro.

 

Ficha Técnica:

tragédia infantil de frank wedekind

direção de pedro ruffo

 

thay bergamin como WENDLA BERGMAN

renan rezende como MELCHIOR GABOR

renan cuisse como MORITZ STIEFEL

gustavo mazzei como HANSCHEN RILOW

gustavo brait como ERNST ROBEL

giovana brandão como MARTHA BESSEL

letícia navarro como THEA

luci oliveira como ILSE

victor garbossa como REITOR e HERR GABOR

aline cunha como FRAU BERGMAN

christiane calderon e thais marques como FRAU GABOR

olivia cattani e theo chiossi como STAND-IN

 

trilha de marcelo moss

figurinos de uriel orttiz

produção de gustavo fló e victor miranda

fotografia e artes gráficas victor miranda

desenho de luz de marina gatti

assessoria de imprensa de unicórnio assessoria

 

Serviço:

“O despertar da primavera: um grito de alerta”

Estreia: 19 de julho

Curta temporada

Terças-feiras, às 20h30

Teatro Viradalata – Rua Apinajés, 1387 – Sumaré, São Paulo – SP

240 lugares (170 plateia – 70 balcão)

Teatro com acessibilidade

Ingressos entre R$35,00 (meia) e R$70,00 (inteira)

Vendas online: https://bileto.sympla.com.br/event/74568/d/145794

Venda sem Taxa de Conveniência: Teatro Viradalata

Informação: (11) 3868-2535

Horário de atendimento ao público: 2h antes de qualquer espetáculo

 

Acompanhe o espetáculo pelo Instagram: https://www.instagram.com/despertardaprimaverateatro/

Publicação Anterior

Waldir Leite: Coluna Gay Soçaite – Garotas douradas

Próxima Publicação

Henrique Inojosa lança “Clarice Lispector no coração do Recife”