Jornalista luso-brasileiro, Ígor Lopes lança livro inédito sobre os bastidores das “Festas D’Agonia”, em Viana do Castelo

O jornalista e escritor Ígor Lopes vai lançar no próximo dia 5 de agosto um livro inédito. “Festas D’Agonia – Viana do Castelo – Para brasileiros e lusodescendentes” vai ser apresentado pelo autor e pelo Secretário de Estado do Mar, José Maria Costa, pelas 18h, na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, na sala Couto Viana. A cerimónia, liderada pelo presidente da Câmara Municipal de Viana de Castelo, Luís Nobre, autor do Prefácio, vai contar ainda com a participação remota do Embaixador João Ribeiro de Almeida, presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., que vai falar sobre o autor. Haverá a participação também, de forma on-line, do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, e do Embaixador de Portugal no Brasil, Luís Faro Ramos.

A obra, escrita no formato livro-reportagem e que foi apoiada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, conta com 260 páginas que procuram, segundo o autor, “abordar os bastidores desta que é considerada a Romaria das Romarias em Portugal para o público brasileiro e lusodescendente espalhado pelo mundo”.

“No seio da Diáspora portuguesa, muito se fala nas Festas da Agonia, porém, poucos descendentes ou amantes de Portugal têm a oportunidade de conhecer de perto esta grandiosa festividade que movimenta a região do Alto Minho e o país. Mesmo quem conhece a festa não faz ideia do seu teor organizacional, da pluralidade da sua programação e da sua importância no sentido de promover a cultura portuguesa, especificamente do Alto-Minho, e o esforço feito para internacionalizar as tradições, as potencialidades e a imagem de Viana do Castelo”, afirmou Ígor Lopes, que destacou ainda que este novo trabalho literário se destaca por ser fruto “de uma investigação aprofundada junto dos nomes e entidades que fazem a festa acontecer”.

O livro explica a simbologia e os objetivos de cada ponto da programação desta Festa, enaltece a vertente religiosa em torno de Nossa Senhora da Agonia e de animação dos dias de celebração e dá voz a quem está conectado aos bastidores desta iniciativa que conta com a presença de milhares de visitantes. São também mostrados o trabalho em prol da sustentabilidade e a visão dos seus gestores para o futuro, além de decifrar, um pouco mais, os principais cantos e recantos desta cidade tão “charmosa” dona de um centro histórico rico em detalhes e com uma grande proximidade emocional ao Rio Lima.

“Este é mais um contributo na aproximação entre Brasil e Portugal e na valorização das comunidades portuguesas e lusodescendentes que residem em vários cantos do planeta, razão pela qual sou muito grato à autarquia vianense pelo apoio e confiança”, finalizou Ígor Lopes.

Ígor Lopes - divulgação

Sobre o autor

Ígor Pereira Lopes é Jornalista, Escritor e Social Media entre Brasil e Portugal. É CEO da Agência Incomparáveis, que conecta Brasil-Portugal e União Europeia e Mercosul. É Coordenador de Redação do jornal Gazeta Lusófona – Suíça; Jornalista da agência e-Global – Lisboa; Editor do site www.9idazoresnews.com de Ponta Delgada; Jornalista da Revista do Villa e do jornal Voz de Portugal, ambos no Rio de Janeiro, e do jornal Mundo Lusíada, de São Paulo; É correspondente do programa de TV luso-brasileiro “Assim é Portugal”, com a rubrica “Ponto a Ponto”. É também Professor convidado de MBA em Hard News nas Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA), Brasil. Atua ainda como consultor literário.

É Doutorando em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior, Portugal; Mestre em Comunicação e Jornalismo pela Universidade de Coimbra, Portugal – curso reconhecido no Brasil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro; Especialista em Gestão de Redes Sociais e Comunidades pela Universidade de Guadalajara, México; Especialista em Princípios da Comunicação Mediática Contemporânea pela Universidade de Santiago de Compostela – Espanha; e Licenciado em Comunicação Social – Jornalismo pela FACHA, Brasil, cujo curso está revalidado em Portugal pela Universidade Nova de Lisboa.

É autor de “Maria Alcina, a força infinita do Fado”, com o apoio da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas (2016), lançado no Brasil e em Portugal; “Casa do Distrito de Viseu: cinquenta anos de dedicação à cultura portuguesa no Rio de Janeiro” (2016), lançado no Brasil e em Portugal; “Rancho Folclórico Maria da Fonte da Casa do Minho do Rio de Janeiro – o percurso do grupo português que valoriza a cultura minhota no Brasil desde 1954” (2019), lançado no Brasil, em Portugal e na Argentina; e “Açores em Cores – Belezas, Contornos e Potencialidades – Detalhes que brasileiros, lusodescendentes e açordescendentes devem conhecer sobre o arquipélago” (2020), com o apoio da Direção Regional das Comunidades do Governo dos Açores, lançado no Brasil, em Portugal continental e nos Açores.

É membro do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina – Brasil; Integra os órgãos sociais da Casa do Brasil – Terras de Cabral; Integra o Conselho Estratégico ao Investimento – (CEI) da Câmara do Comércio da Região das Beiras (CCRB), entidade da qual é também Diretor de Relações Internacionais; membro da Academia Luso-Brasileira de Letras – (ALBL), Rio de Janeiro; membro da Academia de Letras e Artes Paranapuã – (ALAP), Rio de Janeiro; membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni – (ALTO) – Minas Gerais; membro da Eco Academia de Letras, Ciências e Artes de Terezópolis de Goiás – (E-ALCAT); e membro da Academia de Letras e Artes da Guiné-Bissau (ALAGB).

Detentor da “Comenda da Ordem Nacional do Mérito do Empreendedor Visconde de Mauá” pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística, título oficializado como “Honraria Oficial do Município de Mauá” e pelo Governo da República do Brasil, através do Ministério da Educação e Cultura, com o apoio da Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania do Governo de São Paulo. Foi empossado como “Chanceler” pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística e condecorado no Brasil e em Portugal.

Nascido no Rio de Janeiro, com dupla-nacionalidade portuguesa, Ígor Lopes tem ligações às regiões do Douro e de Trás-os-Montes.

Como adquirir a obra?

O livro “Festas D’Agonia – Viana do Castelo – Para brasileiros e lusodescendentes” pode ser comprado durante o seu lançamento e também encomendado pelo e-mail do autor: igor.lopes@agenciaincomparaveis.com ou através das redes sociais deste jornalista: @ÍgorLopes. A obra é enviada para todos os países.

Publicação Anterior

André Conrado: Portugal – Verão 2022 – Parte 2

Próxima Publicação

CHEESY: A cremosidade e leveza da Cheesecake Basco para dentro de casa