O Eranos Círculo de Arte faz as últimas apresentações do espetáculo Caixa Ninho no Rio de Janeiro neste fim de semana

Crédito da foto: Alexandre Brum

Espetáculo inédito do Eranos Círculo de Arte acontece no sábado e  domingo – Sesc Tijuca

O Eranos Círculo de Arte faz as últimas apresentações do espetáculo Caixa Ninho no Rio de Janeiro neste fim de semana. A participação das crianças da primeira infância (1 a 6 anos), que ficaram imersas entre as 700 caixas de papelão, em cima do palco, foi o grande diferencial nesta primeira temporada. Anote: sábado às 16h e domingo as duas últimas sessões, 11h e 16h, no Sesc Tijuca. 

A atriz Sandra Coelho conta que esta primeira vez no Rio de Janeiro em uma temporada foi frutífera e está deixando um gosto de quero mais. “Encontramos no palco a energia e a receptividade das crianças com o contexto criado, que é presente em todas as infâncias e aqui foi mais acentuado por conta do período das férias. No ambiente intimista vários encontros aconteceram. Os pequenos não foram ali somente para assistir, mas para participar de experiências como o nascimento e os voos que a peça propiciam. E agora as crianças retornam para as escolas e a gente retorna para Santa Catarina, mas as construções permanecem no inconsciente coletivo de todos”, diz. 

Quem tem filho sabe: caixas de papelão sempre foram objetos de grande fascínio pelas crianças da primeira infância e não à toa. Com elas, é possível brincar com os pequenos dando formas diferentes, além de ser uma oportunidade única de entrar no mundo lúdico da criança, estimulando a imaginação e a criatividade. E foi pesquisando mais a fundo este objeto de desejo infantil, que o coletivo Eranos Círculo de Arte, companhia de Itajaí – Santa Catarina, chegou à ideia do espetáculo Caixa Ninho, 

Com expertise de trabalhos para a primeira infância, o grupo apresenta o conceito de protagonismo infantil: “onde as crianças estão no centro de todo o processo de criação das obras, até a participação efetiva durante as apresentações – os pequenos podem interagir de forma espontânea e sentir-se parte integrante do espetáculo (eles podem falar, atuar, ajudar a atriz na condução do roteiro, além de abrir a construção de um diálogo) – , o que os torna parte do espaço estético e criativo da peça. E com Caixa Ninho, o grupo continua a se aprofundar nesta esfera”, explica a atriz Sandra Coelho, que também é autora e pesquisadora da obra junto com o diretor Leandro Maman, e compartilha o palco com a musicista Hedra Rockenbach autora da ambientação sonora realizada ao vivo.

Para aproximar-se deste universo de 1 a 6 anos de idade, o Eranos apostou na vivência das relações que vem desenvolvendo em pesquisa prática, realizando oficinas com crianças de escolas públicas de Itajaí (SC) através de propostas sensoriais, jogos e principalmente a observação de suas relações lúdicas com o espaço, norteando a pesquisa para a construção dramatúrgica.

Caixa Ninho é um acontecimento teatral para a primeira infância, onde as crianças são convidadas a entrar num universo de caixas de papelão – um cenário intimista, lúdico e modular – um espaço compartilhado de relação e construção em que tudo é possível. Neste mundo de caixas, crianças e adultos encontram um ninho e presenciam os primeiros voos de uma caixa passarinho. A atriz Sandra fica junto as caixas e estabelece este vínculo de construção e acolhimento. “A relação que as crianças estabelecem com as caixas – compreendidas aqui como brinquedos não estruturados, ou seja, não possuem uma funcionalidade específica -, foi o ponto de partida para a criação da peça” – completa a atriz.

FICHA TÉCNICA 

Sandra Coelho e Leandro Maman – PESQUISA E AUTORIA 

Sandra Coelho – ATUAÇÃO

Hedra Rockenbach –  AMBIENTAÇÃO SONORA

Leandro Marman – DIREÇÃO GERAL E CONFECÇÃO DE BONECOS

Adriano Guimarães –  SUPERVISÃO ARTÍSTICA

Luiz André Cherubini –  ASSESSORIA DE ANIMAÇÃO 

Diego de Medeiros Pereira – ASSESSORIA PEDAGÓGICA

 

SERVIÇO:

Caixa Ninho – Eranos Círculo de Arte

ÚLTIMA SEMANA

Temporada: 02 a 31 de julho de 2022

Dias e horários: Sábados às 16h e domingos às 11h e 16h

Local: Sesc Tijuca. Teatro 01

Ingressos: Grátis (PCG), R$ 2 (Credencial Plena), R$ 5 (meia entrada) e R$ 10 (inteira)

Endereço: Rua Barão de Mesquita, 539 – Tijuca

Horário de funcionamento da bilheteria: Terça a domingo, de 9h às 17h

Classificação indicativa: Livre

Duração: 40min

Lotação: 60 lugares

Gênero: Infantil (primeira infância – 1 a 6 anos)

Publicação Anterior

Ígor Lopes: Embaixador brasileiro em Portugal recebe Casa do Brasil – Terras de Cabral

Próxima Publicação

Prefeitura do Rio remove estruturas irregulares em calçada em Vargem Grande