Ígor Pereira Lopes é Jornalista, Escritor e Social Media entre Brasil e Portugal. É CEO da Agência Incomparáveis, Coordenador de Redação do jornal Gazeta Lusófona – Suíça, Jornalista da agência e-Global – Lisboa, Editor do site www.9idazoresnews.com - Ponta Delgada, Jornalista da Revista do Villa, do jornal Voz de Portugal, ambos no Rio de Janeiro, e do jornal Mundo Lusíada, de São Paulo. É correspondente do programa de TV luso-brasileiro "Assim é Portugal", com a rubrica "Ponto a Ponto". É ainda professor convidado de MBA em Hard News – Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA), Brasil. Trabalha na aproximação entre Brasil e Portugal – União Europeia e Mercosul. O seu público está na América do Sul, do Norte, Portugal continental e ilhas, Brasil, países de língua portuguesa, Europa Central e do Leste. É Doutorando em Ciências da Comunicação – Universidade da Beira Interior, Portugal; Mestre em Comunicação e Jornalismo – Universidade de Coimbra, Portugal - curso reconhecido no Brasil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro; Especialista em Gestão de Redes Sociais e Comunidades - Universidade de Guadalajara, México; Especialista em Princípios da Comunicação Mediática Contemporânea – Universidade de Santiago de Compostela – Espanha; Licenciado em Comunicação Social - Jornalismo - Faculdades Integradas Hélio Alonso - FACHA – Brasil - curso reconhecido em Portugal pela Universidade Nova de Lisboa. É também Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina - Brasil; Integra os órgãos sociais da Casa do Brasil – Terras de Cabral; Integra o Conselho Estratégico ao Investimento – (CEI) da Câmara do Comércio da Região das Beiras (CCRB), entidade na qual é Diretor de Relações Internacionais; Membro da Academia Luso-Brasileira de Letras – (ALBL), Rio de Janeiro; Membro da Academia de Letras e Artes Paranapuã – (ALAP), Rio de Janeiro; Membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni – (ALTO) – Minas Gerais; Membro da Eco Academia de Letras, Ciências e Artes de Terezópolis de Goiás – (E-ALCAT); Membro da Academia de Letras e Artes da Guiné-Bissau (ALAGB); Detentor da "Comenda da Ordem Nacional do Mérito do Empreendedor Visconde de Mauá" pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística, com sede em São Paulo, título oficializado como "Honraria Oficial do Município de Mauá" e pelo Governo da República do Brasil, através do Ministério da Educação e Cultura, com o apoio da Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania do Governo de São Paulo; Empossado como "Chanceler" pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística. É autor dos livros “Maria Alcina, a força infinita do Fado” - livro-reportagem – com o apoio da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas – 2016; Lançado no Brasil e em Portugal; “Casa do Distrito de Viseu: cinquenta anos de dedicação à cultura portuguesa no Rio de Janeiro” - livro-reportagem – 2016; Lançado no Brasil e em Portugal; “Rancho Folclórico Maria da Fonte da Casa do Minho do Rio de Janeiro - o percurso do grupo português que valoriza a cultura minhota no Brasil desde 1954” - livro-reportagem – 2019; Lançado no Brasil, em Portugal e na Argentina; “Açores em Cores – Belezas, Contornos e Potencialidades – Detalhes que brasileiros, lusodescendentes e açordescendentes devem conhecer sobre o arquipélago” – livro-reportagem - com o apoio da Direção Regional das Comunidades do Governo dos Açores – 2020; Lançado no Brasil, em Portugal continental e nos Açores; e "Festas D'Agonia - Viana do Castelo - Para Brasileiros e Lusodescendentes", apoiado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, 2022.

COLUNAS RELACIONADAS